3.5.05

Komplyck@-dores à solta...

(Um diligente funcionário, especializado em hiper-ligações, em plena actividade de Apoio-ao-Cliente)

Ao tomar conhecimento de que a PT havia lançado a «Factura Electrónica» (poupando dinheiro, papel e os meus dedos a abrir envelopes), decidi aderir - e, tal como me sugeriram, acedi a www.telecom.pt/ e procurei.

Eis senão quando, em baixo, deparei com este naco de prosa:

Demonstrando uma vez mais a sua capacidade de transversalidade, o Grupo Portugal Telecom a apresentou a Factura Electrónica.

Quando me vêm com este tipo de conversa-de-chacha, fico logo «de pé-atrás». E neste caso não me enganei, pois ao fim de meia-dúzia de cliques (que me remeteram para outras tantas páginas), desisti.

Passem então muito bem, a PT e os seus Komplyck@dores de serviço!

--oOo--

Curiosidade: Na minha factura de telefone, as parcelas maiores são, invariavelmente, as correspondentes às chamadas que tenho de fazer para o Serviço de Apoio ao Cliente da Netcabo, ao qual recorro com frequência por problemas de acesso à internet na minha área de residência.

O doloroso processo é sempre acompanhado com muita música-de-espera (que vou pagando ao segundo...), mas tudo bem. O pior é que eles só lá têm o disco d' «As Quatro Estações», de Vivaldi, que - BOLAS!!! - JÁ NEM POSSO OUVIR!

1 Comments:

Blogger Pólux said...

Tive que respigar para poupar espaço:

http://reporter007.blogs.sapo.pt/arquivo/527319.html

“Um verdadeiro perigo biológico
Vocês devem estar a pensar que eu estou falando em alguma arma biológica (…)
Passando aos detalhes: no Fórum Picoas, sede da Portugal Telecom mais especificamente no piso térreo aonde se encontram as lojas de vários serviços de comunicações [Correios, TVcabo, TMN sapo adsl] (…) o perigo (…) vem das instalações sanitárias que ficam ao lado da cantina.
Perigo que é a falta de limpeza das instalações sanitárias que cheiram as excrementos humanos (…)
Este cheiro se deve não só a falta de limpeza como muitos dos utilizadores (em boa parte executivos da PT) das instalções sanitárias deitam o papel higiénico sujo no chão (…) evito as instalações sanitárias e quando vou à cantina contenho a respiração.”


“ Este nosso amigo decerto não leu esta página:
http://www.ptprime.pt/PTPrime/Homepage/FacturaElectronica/Saber+mais/sobre_o_servico.htm
Eu respigo o que interessa:
“Receber simultaneamente, durante os primeiros 3 meses após ter aderido ao serviço Factura Electrónica, as suas facturas originais em papel e facturas cópia em formato electrónico. Findo este período apenas receberá os originais das facturas em formato electrónico no(s) endereço(s) de e-mail por si indicado(s).”

Se ele a tivesse lido, saberia que os maus cheiros irão desaparecer dentro de 3 meses, altura em que o papel higiénico passará, tal como as facturas, também a papel electrónico, ou não figurasse a PT no topo das empresas do País com maior despesa em I&D.

Artigo engenhoso, como sempre, meu caro M. Ribeiro.
Abraço,
Pedro Couto

3 de maio de 2005 às 19:55  

Publicar um comentário

<< Home