26.1.07

Ecografias

O JORNAL ESPANHOL “El País” dizia que a melhor maneira de evitar que 70% das mulheres que pensavam abortar, o fizessem, era mostrar-lhes uma ecografia do feto na sua barriga.
Esta informação do “El País” tem origem numas clínicas norte-americanas que informam com a maior clareza possível as suas pacientes do que lhes vão fazer. Aqueles que se submetem a algum acto médico, cada vez mais exigem saber o que lhes vão fazer, não seja o caso de saírem do bloco operatório com a surpresa duma perna a menos ou com a prenda inesperada das trompas terem sido laqueadas por decisão unilateral do cirurgião, preocupado com a carreira profissional da jovem mamã e com o desgastante “stress” que filhos a mais lhe poderiam causar.
O resultado do estudo daquelas clínicas americanas não é mais do que a consequência da boa informação. Quando a informação é boa, os resultados podem mudar. Muitos resultados poderiam ser diametralmente opostos se fosse respeitada a exigência das pessoas que querem ser bem informadas.
Que ecografia teríamos de mostrar aos governantes para eles não quererem fazer asneiras tão grandes?
JOAQUIM LETRIA - «25ªHORA» - «24 horas»

Etiquetas:

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Carissimo Joaquim Letria,
De momento está em "debate" a IVG no meu blog, http://cuaoleu.blogspot.com , e gostaria muito que colocasse a sua opinião lá. Ou então se me autorizar e colocaria este seu texto lá.
Um abraço.

26 de janeiro de 2007 às 12:44  
Anonymous Anónimo said...

O seu texto já foi colocado nos comentários do meu blog com a autorização de Carlos Medina Ribeiro. Foi obviamente salientada a fonte.
Abraço

26 de janeiro de 2007 às 14:48  
Anonymous Anónimo said...

As mulheres abortam porque não desejaram os filhos, e muitas vezes porque não têm condições económicas para os sustentar e educar.

27 de janeiro de 2007 às 20:19  

Enviar um comentário

<< Home