7.5.09

A gripe da bolota

Por Joaquim Letria
TIVE UMA TIA-AVÓ, linda e inteligente, que morreu com a Pneumónica. Não a conheci, mas sempre ouvi gabar-lhe a beleza, a irreverência e a cultura. Fiquei com muito respeitinho pelas gripes e já era rapazinho quando escapei da Asiática.
Mais recentemente, fiquei à espera da Gripe das Aves e, quando já lhe tinha perdido o medo, inventaram esta Gripe A, aliás Gripe Mexicana, aliás Gripe dos Porcos. Dá-me ideia que estas gripes são uma grande aldrabice.
Ouvi nas notícias que o Governo tinha armazenado 22 milhões de euros de Tamiflu para a gripe das aves. O que se faz a 22 milhões de euros de Tamiflu!? Graças a Deus que veio a Gripe dos Porcos, aliás, Gripe A, ou antes, Gripe Mexicana. Até deu para José Sócrates ir à Ovibeja, à hora da sesta dos porcos, anunciar que estamos preparados para o pior. Tamiflu não falta!
Leva-se uma injecçãozinha de Tamiflu, aos primeiros sintomas, e não se pensa mais nisto! Se eu tiver a infelicidade de ser atacado pela gripe suína, ao menos que seja de pata negra. Que morra de gripe da bolota. Duma estirpe como deve ser!
«24 Horas» de 7 de Maio de 2009

Etiquetas:

4 Comments:

Blogger Mg said...

De pata negra não, que a vida, mesmo assim, já está cara quanto baste!!!

Mais a sério: mantenho (ainda) algumas reservas quanto à gravidade da pandemia. E no dia em que venhamos a ser atacados por um vírus qualquer, mutante e resistente, não haverão milhões (de euros e de vacinas) que nos salvem.

7 de maio de 2009 às 21:57  
Blogger Mar Arável said...

Tem razão meu caro

querem dar cabo dos porcos

7 de maio de 2009 às 22:21  
Blogger tiomanuel said...

Eu sei que o s empregos estão pela ora da morte.
Eu sei que é dificil manter uma coluna diária mesmo que seja apenas um minisculo poste.
Mas que diabo, é preciso alguma lata para escrever sobre coisa nenhuma.
Será que o editor do 24 horas anda com falta de alternativas?

8 de maio de 2009 às 21:16  
Anonymous Anónimo said...

boa tio Manel...abraço

9 de maio de 2009 às 12:56  

Publicar um comentário

<< Home