17.1.14

Apontamentos de Lisboa

Ultimamente, surgiu em Lisboa a mania das "Zonas 30" - locais onde se pretende, com recurso a obstáculos diversos, que os veículos não circulem a mais de 30 km/h.
A curiosidade é que estão a ser 'construídas' em zonas onde, já de si, o trânsito é lento, especialmente devido ao estacionamento selvagem em 2ª fila - à minha porta, a velocidade habitual oscila entre ZERO e ZERO-VÍRGULA-ZERO.
Mas veja-se este outro aspecto da questão (ilustrado com fotos de ontem):
Mais de 100 mil euros (+ IVA) gastos pela CML num único bairro, onde há pouco trânsito.
E veja-se como podiam ter sido poupados na sua totalidade, dado que os buracos existentes no pavimento (pela sua quantidade e dimensões - e as fotos só mostram alguns) só por si já transformam o local em "Zona de 10"... ou menos!

1 Comments:

Blogger Agostinho said...

Eureka!!! Está descoberta uma forma original de moderar a velocidade nas ruas da cidade: manter valas, buracos e crateras no pavimento. Sempre se poupava muita massa não era.
Essa do limite de trinta não chega. Melhor será pôr as viaturas a circular em marcha-atrás...

17 de janeiro de 2014 às 19:22  

Publicar um comentário

<< Home