18.1.17

Ao contrário...

Ao contrário dos gatafunhos e dos autocolantes (uma verdadeira praga!), esta forma de expressão de arte urbana pode ser aceitável. 
Em Lagos, estes pequenos desenhos (feitos a stêncil) aparecem em locais degradados, e muitas vezes são feitos por autores famosos.

Etiquetas:

3 Comments:

Blogger Ilha da lua said...

Talvez,as autarquias pudessem disponibilizar determinados espaços onde estes artistas pudessem expressar a sua arte

18 de janeiro de 2017 às 15:09  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Ilha da Lua

Em Lagos isso sucede, e em grande escala.
Vou então começar a divulgar aqui alguns murais mais conhecidos.

19 de janeiro de 2017 às 08:51  
Blogger José Batista said...

Em Braga também há um espaço enorme e bem exposto, destinado a que os "grafiteiros" executem a sua arte.
E alguns, poucos, merecem bem esse espaço. O problema é que, passado pouco tempo, são, como todos nós, "vítimas" dos outros...
Ou seja, a medida não é muito funcional, porquanto o que vale a pena não é muito e dura pouco, sobrando (excessivamente...) o "lixo"...
Mas antes ali que em tudo o que é parede...

19 de janeiro de 2017 às 10:54  

Publicar um comentário

<< Home