16.1.14

Apontamentos de Lisboa

Em algumas zonas de Lisboa (nomeadamente nas avenidas novas), as velhas portas dos prédios têm vindo a ser substituídas - as fotos que aqui se vêem foram tiradas esta manhã, na Av. Guerra Junqueiro.  Para se ter uma ideia do que isso significa, veja-se a do n.º 28 (ainda a original - foto de cima) e a do prédio ao lado (foto de baixo).
Actualização:
A foto de baixo foi enviada hoje a António Costa, a ilustrar uma reclamação elaborada pelo Cidadania Lx - ver [aqui].

3 Comments:

Blogger 500 said...

E fizeram muito bem em reclamar. Já agora, gostaria de conhecer a resposta, se a houver.

16 de janeiro de 2014 às 22:36  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

No prédio onde eu moro sucedeu o mesmo! Uma porta de 1950, em ferro, vidro e latão foi substituída por outra de alumínio verde e punhos cromados!

O motivo por que elas agradam a alguns inquilinos (aliás, a maioria é indiferente!) é o facto de as caixas de correio passarem a ser exteriores e maiores.

Na situação original, era necessário que houvesse alguém no prédio para abrir a porta ao carteiro, e muita correspondência também ficava por entregar por não caber nas fendas das caixas.

17 de janeiro de 2014 às 08:36  
Blogger Unknown said...

Debato-me com o mesmo problema na minha rua, na Quirino da Fonseca, no lado oposto da Alameda. A nossa porta foi substituída por uma de alumínio verde nos anos 90, obra de um engenheiro que tinha escritório no R/C e hoje, 20 anos depois verificamos que a porta já está em más condições e que tem que ser substituída. Alguns moradores falam nesta questão de ter uma nova com as caixas de correio. Serve precisamente este exemplo, que conheço bem, para os demover, daí que agradeça que tenha escrito este post

13 de outubro de 2014 às 11:02  

Publicar um comentário

<< Home