27.5.09

Para que serve o Parlamento?

Por Joaquim Letria
AQUELES QUE TÊM a democracia menos presente nas suas convicções perguntam para que serve o parlamento. Olhando para o que fazem os 230 indivíduos que se gabam de ter sido eleitos por nós, temos de concordar que serve para pouco. Só este ano, o Governo já se marimbou para 1014 perguntas que deviam ter sido atendidas no prazo máximo de 30 dias.
Para terem uma ideia, basta dizer que o CDS ficou de cara à banda 402 vezes, o PCP 323, o PSD 126, o Bloco de Esquerda 90 e os Verdes 31. Respostas depois do prazo, foram 1429. Se somarmos estas com as sem resposta, atingimos mais de metade das questões formuladas em nosso nome, sem qualquer satisfação.
Se o parlamento funcionasse melhor, o governo talvez fosse menos mau e nós obteríamos um rendimento mais adequado para o dinheiro que ali enterramos.
«24 Horas» de 27 de Maio de 2009

Etiquetas:

2 Comments:

Blogger Sepúlveda said...

É a excepção à regra que diz "dinheiro gera dinheiro". Era bom que houvesse um verdadeiro livro de reclamações dessa "repartição" pública tão rafeirazita.

27 de maio de 2009 às 21:50  
Blogger A. João Soares said...

O Parlamento, tal como tudo o que depende dos políticos está podre. Não merecem os nossos votos. A abstenção não será boa solução, pois vai juntar-se à multidão menos esclarecida e mais preguiçosa que não se dá ao trabalho de participar nos destinos do País.
Acho que a melhor solução é ir à secção de voto e colocar nas urnas o voto EM BRANCO, que é uma declaração de que não se tem confiança em nenhum dos candidatos, nenhum deles merecendo o seu voto.
São todos iguais como mostraram na votação da lei do «dinheiro vivo» em que os partidos, todos, se tornaram coniventes com traficantes e corruptos que precisam de lavar dinheiro em troca de favores dos partidos.
Em Do Miradouro encontra muitas reflexões em posts e em comentários sobre este tema.

Abraço
João Soares

29 de maio de 2009 às 17:15  

Publicar um comentário

<< Home