24.7.13

Apontamentos de Lisboa

Como, em Lisboa, os transportes públicos são acarinhados: 
Rua dos Fanqueiros, 19 Jul 13, ao fim da tarde. Um carro impede a passagem dos eléctricos (o que, por sua vez, dificulta a passagem dos autocarros), cujos passageiros acabam por sair. 
Fui até ao fim da rua, fiz o que tinha a fazer, e no regresso tudo continuava assim...

9 Comments:

Blogger Bmonteiro said...

No pasa nada.
Felizmente, há António Costa & o vereador Nunes da Silva da Mobilidade.
E todos os seus antecessores e todos os seus sucessores.
Ámen.

24 de julho de 2013 às 19:01  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Passou um carro da PSP, que nem abrandou.
O que é espantoso é o ar natural com que toda a gente encara estas vergonhas!

24 de julho de 2013 às 19:48  
Blogger Bmonteiro said...

Efeitos de uma população domesticada.
Senão, meia dezena de populares, arredariam o carro com facilidade.
Para uma posição pouco agradável ao proprietário.

24 de julho de 2013 às 23:07  
Blogger jose said...

Do que tenho visto em situações análogas esse comportamento(aparcar em qualquer lado e de qualquer maneira)está interiorizado em todos ou quase todos.É considerado normal estacionar assim para visitar um amigo,fazer as compras,beber uma jola e os demais utentes da via e dos transportes só têm que apear-se e ir aos seus destinos.Se a polícia interviesse ficava isolada e achincalhada.
José

25 de julho de 2013 às 17:39  
Blogger jose said...

Aliás e peço desculpa por insistir, os "apontamentos de Lisboa"deveriam ser transformados em apontamentos comportamentais,tão generalizados estão.Já há tempos falei(tal como o sr.) do comportamento habitual em lugares para deficientes ,caixas de atendimento prioritário,buzinadelas em todo o lado,a toda a hora e para tudo,vazamento de todo o lixo do interior de veículos em movimento por vezes acompanhado de escarros que apanham o automóvel imediato...,e muito mais deveria ser divulgado.
José

25 de julho de 2013 às 19:45  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Em tempos, assisti a uma cena que me deu que pensar:
Um indivíduo deixou o carro por forma a que outro não conseguia sair. Este arranjou uns voluntários e começaram a desviar o "estorvador"
Nessa altura, chegou o dono, aos berros, ainda de longe. Era um indivíduo extremamente agressivo, e que se propôs dar porrada nos outros todos!

Perante a completa demissão das autoridades (como atrás disse, neste caso da Rua dos Fanqueiros passou um carro-patrulha que nem abrandou), os cidadãos não sabem já como agir...

26 de julho de 2013 às 12:29  
Blogger jose said...

Se quer que lhe diga eu nunca vi nenhum cidadão agir.Antes pelo contrário vejo há muito tempo os costumes acima descritos nos locais que indiquei e arrisco dizer que são comportamentos adquiridos pela maioria dos cidadãos,porventura pela polícia.
Bem quisera estar enganado.
Saúde e sorte.
José

26 de julho de 2013 às 16:57  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

O blogue Passeio Livre tem divulgado uns inofensivos autocolantes para colar num dos vidros laterais dos carros que impedem a passagem de peões.
Vale a pena ler os comentários furiosos de alguns dos contemplados que, não contentes com o que fazem, ainda ameaçam os "coladores" com enxertos de porrada...

26 de julho de 2013 às 19:06  
Blogger jose said...

Não conhecia o blogue Passeio Livre,obrigado por no-lo dar a conhecer.De facto está bem ilustrado e apela à iniciativa cidadã além de divulgar os autocolantes para afixar nos automóveis dos prevaricadores.
Saúde e sorte.
José

26 de julho de 2013 às 21:18  

Publicar um comentário

<< Home