21.5.15

O padre Sousa Lara e os exorcismos

Por C. Barroco Esperança
O ex-subsecretário de Estado de Cavaco Silva, censor de um livro de Saramago, não foi apenas o devoto da missa e da hóstia, inimigo da cultura e da liberdade, foi o crente que mandou erigir uma Cruz do Amor, com 7 metros, destinada a "combater o comunismo e evitar o mal com a chegada do ano 2000", no seu monte alentejano.
 ntre as suas obras consta um filho, feito certamente de forma casta, a quem ofereceu a administração de uma empresa pública, o Estado é para os amigos e família, mas que preferiu ser padre e especializar-se em exorcismos, atividade que faz parte do alvará de padre mas que, com a escassez de Demónios, passou a ser uma especialidade canónica de autorização episcopal. 
O padre Sousa Lara, homónimo do bem-aventurado papá, é um reputado exorcista que, munido de uma cruz e de umas tantas rezas, se atira aos demónios como Santiago aos mouros, na diocese de Lamego, uma zona onde grassam ainda o analfabetismo a fome e os diabos, enfim, Terras do Demo.
 Não há um único caso de possessão demoníaca em livres pensadores, ateus, agnósticos, céticos ou racionalistas. São os mais tementes a Deus, desgraçados e moles do miolo, os que deixam entrar, no corpo, o maligno. É para esses que os exorcistas arremetem com a cruz e as orações, numa peleja digna da Idade Média, com o Mafarrico a fugir, da cruz e do padre, como os carteiristas à polícia.
Benditos exorcistas, tão eficazes a tirar o Diabo do corpo dos crédulos como S. Roque as verrugas ou Santa Bárbara a amainar trovoadas.
Não lembrava ao Diabo que ainda houvesse quem vivesse à sua custa. Coisas do demo!
 Ponte Europa / Sorumbático

Etiquetas:

3 Comments:

Blogger opjj said...

O outro dizia, foi a mão de Deus que meteu o golo. Aqui eu digo, foi a mãozinha de Sousa Lara que empurrou Saramago para a frente. Acho que fez uma benesse e não o contrário. Eu que conheço e vivi onde Saramago nasceu, acho que mereceu sem dúvida tão brilhante prémio.Conheço praticamente toda a sua obra e acho-o um "criador" e há dias disse-o pessoalmente a PILLAR.
Um aparte, o anti-comunismo de Sousa Lara não matou ninguém, mas o comunismo na prática fê-lo e em força e V.Exª nem o contesta.
Cumps.

21 de maio de 2015 às 10:23  
Blogger Luis Filipe said...

Caro Barroco Esperança,
muitos parabéns pelo post, é de elevada prosa e qualidade.
Perfeito, adorei

24 de maio de 2015 às 09:12  
Blogger Carlos Esperança said...

Obrigado, Caro Luís Filipe.

Como reparou, não sou consensual e ainda bem.

Agradeço aos que apreciam o que escrevo e aos que recriminam mas sabe bem ter leitores que se reveem no que escrevo.

28 de maio de 2015 às 00:27  

Enviar um comentário

<< Home