26.6.20

UMA AULA MAGISTRAL

Por Joaquim Letria
Marcelo Rebelo de Sousa deu uma aula sobre cidadania na actual Telescola, transmitida pela RTP. Tal como um aluno diligente assisti à aula do Chefe do Estado. E gostei muito. Pelo conteúdo da mensagem, pela forma de apresentação e pelo que este simples gesto encerra. Foi uma aula magistral.
Aprendi alguma coisa nova? Talvez não, mas arrumei ideias, confirmei juízos e apreciei a atitude do Presidente da República ao se disponibilizar a colaborar numa aula para os portugueses mais jovens e para aqueloutros, como eu, que admirando-o fizeram questão de assistir. https://www.youtube.com/watch?v=BptdR-W893o
Como se poderia esperar, surgiram logo os críticos a dizer mal. Natural. E o que é que eles dizem? Antes de mais que Marcelo nem a Telescola desdenha para fazer a sua campanha eleitoral. Depois, que os jovens alunos, coitados, tiveram de aturar o Presidente a falar de coisas fora do currículo das disciplinas que ali estudam por aquele meio de ensino à distância. E disseram mais umas coisas que o bom senso e a boa educação aconselham a não reproduzir. Imagino o chorrilho das redes sociais… 
Que mais posso eu acrescentar? Bom, para começar que Marcelo falou, dum modo muito interessante, da vida, das dificuldades e das experiências de vida que os mais jovens estão a ganhar para toda a sua existência ao viverem os tempos difíceis que atravessamos sem fim à vista e, perante tal realidade qual o espírito e o comportamento que os deve marcar. Coisas de que muitas vezes pais e professores se esquecem de falar.
Marcelo não fez campanha, foi didáctico e interessante, como de resto sempre foi na sua vida de Professor Catedrático da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. E comunicar também nunca foi um problema para ele, como nos podemos recordar dos seus comentários durante anos na TV.
Houve ainda quem dissesse que a experiência da Telescola actual vai tão mal que teve de recorrer à ajuda de Marcelo neste acto de propaganda. Nada mais falso: o êxito das aulas do tele ensino é tal que ultrapassa as audiências do programa da Cristina Ferreira e do Manuel Luís Goucha.
Para terminar, deixem-me que lhes diga que trabalhei anos com o Presidente Eanes, de quem fui porta-voz, e conheço alguma coisa da vida da Presidência da República. Não votei em Marcelo, de quem sou amigo pessoal, mas entendo que é um extraordinário e raro Chefe de Estado. E deixem-me acabar como comecei: a aula de Marcelo na Telescola foi uma aula magistral!
Publicado no Minho Digital

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger opjj said...

Caro JLetria. Eu votei em Marcelo, mas a aula ???? Em vez de se tratar dos assuntos do país que são bastante graves,andam Costa e Marcelo numa propaganda pura a pensar em votos. Assoberbatam as TVs de manhã à noite.O país está arruinado. Só não vê quem tem os bolsos cheios.
Cumprimentos.

26 de junho de 2020 às 19:14  

Publicar um comentário

<< Home