17.3.09

A culpa foi do árbitro

Por Joaquim Letria
A DERROTA DO SPORTING por 7-1 em Munique trouxe à superfície a importância dos nossos árbitros. Pensei que tinham inventado árbitros portugueses só para prejudicarem Pinto da Costa e para o Benfica e o Sporting se desculparem por só ganharem um campeonato de 20 em 20 anos.
Eu pensava mesmo que os relatores e jornalistas exageravam quando falavam das “três equipas em campo”. Ingenuamente, julgava que eram precisas só duas, para haver um jogo. Mas graças à abada que o Sporting levou, fiquei a compreender a importância dos árbitros portugueses, depois de ler e ouvir grandes analistas desportivos dizerem que o Sporting perdeu daquela maneira porque lhe fez falta um árbitro português a quebrar o ímpeto bávaro. Está explicado!
A culpa, afinal, foi do árbitro sueco Martin Hansson, que deixou jogar o que cada um sabia. E eu a pensar que era o Sporting que não tinha estaleca para uma prova europeia. Que maldoso que eu era!
«24 Horas» de 17 de Março de 2009

Etiquetas:

2 Comments:

Blogger Luis Melo said...

Talvez o Bayern de Munique seja acusado pelo MP, por crime de atropelamento e fuga. Ou então, pode ser que os responsáveis e adeptos do Sporting caiam em si e vejam que realmente a sua equipa não é o que dela querem fazer.

O Sporting, tal como o Benfica, é uma neste momento equipa mediana. Ao nível do Braga, Nacional ou Leixões. É uma equipa que é forte (e não grande) no plano nacional, mas de 3ª divisão a nível europeu.

Os jogadores do Sporting não são o que adeptos e jornais pintam. Veja-se Polga "o central com mais classe do campeonato"; Miguel Veloso: "o próximo a seguir o caminho de Simão, Ronaldo e Quaresma"; Rui Patrício: "o futuro GR da selecção nacional"; Adrien: "uma grande promessa que vai render milhões".

Enfim. E não venham com a história de que o FC Porto também foi goleado (4-0) em Londres. Uma coisa é ser goleado de 10 em 10 anos. Acontece, tal como aconteceu ainda ontem ao Real Madrid. Outra coisa é levar 8 batatas do Barcelona e 12 do Bayern em espaço de meses.

Sejamos honestos, a única equipa portuguesa que consegue lutar de igual para igual com os grandes europeus é o FC Porto. Qualquer equipa tem respeito e até medo do FC Porto. O Sporting, Benfica ou Braga são vistos "lá fora" como aqui é o Atalanta, Numancia, Toulouse ou Charleroi.

17 de março de 2009 às 14:51  
Blogger Jack said...

Subscrevo na íntegra o comentário anterior.

18 de março de 2009 às 10:48  

Publicar um comentário

<< Home