27.3.09

Um homem de fé

Por Joaquim Letria
TONY BLAIR, o parceiro de Bush na aldrabice do Iraque, trânsfuga da igreja anglicana para a Igreja Católica, anda a dar aulas de “Fé e Globalização” na universidade americana de Yale.
“A fé religiosa e a forma como se desenvolve terão no século XXI o mesmo significado da ideologia política no Século XX”, confessa o antigo primeiro-ministro britânico.
Convidado por Obama a fazer uma oração transmitida para todos os EUA, Blair proclamou que “a fé deve ser restaurada como guia do nosso mundo e do seu futuro”, considerando que “não compreender o poder da religião é não perceber o mundo moderno.”
Blair, que conseguiu ser recebido na Casa Branca antes do seu sucessor Gordon Brown, de Ângela Merkel e de outros líderes europeus, rezou “para que ao actuarmos, façamos a obra de Deus e sigamos a Sua vontade”, ameaçando que “o século XXI ficará mais pobre de espírito se não for regido pela fé em Deus”.
Que o Senhor lhe ponha, finalmente, a virtude!
«24 Horas» de 27 de Março de 2009

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger Mg said...

Perdoai-lhes Senhor!
Levai as alminhas todas para o céu, principalmente as que mais precisarem.

(E há muitas que precisam! Muito!)

28 de março de 2009 às 09:29  

Publicar um comentário

<< Home