27.1.10

Há aqui qualquer coisa estranha, não há?

12 Comments:

Blogger Joana Luz said...

que não gostem de fazer puzzles nós ainda entedemos. Não entendo é porque não se tem um pouco de brio no trabalho que se faz.... é a despachar e toca a andar....

27 de janeiro de 2010 às 16:20  
Blogger Ribas said...

Uma das tampas parece não ser dali

27 de janeiro de 2010 às 16:21  
Blogger Mg said...

Provavelmente, quem colocou a tampa do lado direito estava de pernas para o ar... ou fê-lo com recurso a espelhos e enganou-se!!!

Ou então são as pressas: às vezes dá nisto!

Adiante...

27 de janeiro de 2010 às 16:21  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Na realidade, há casos em que fazer mal dá menos trabalho do que fazer bem. Aqui não. Aliás, colocar a peça de forma correcta deve ser o Nível 1 de um qualquer psicotécnico para chimpanzés amestrados.

Mas esta imagem mostra mais do que falta de profissionalismo. É a demonstração do espírito do "que se lixe, tanto faz".

E é também a demonstração de que há funcionários, nestas empresas, não têm um mínimo de preparação - ou, então, não há «fiscais de obras» a trabalhar como deve ser.

---

(A foto foi tirada anteontem, na Av. da República, em Lisboa).

27 de janeiro de 2010 às 16:32  
Blogger Mg said...

E o Gervásio? Passaria nesta prova?

27 de janeiro de 2010 às 16:40  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Já agora: pelo que se pode ver num dos cantos, a caixa-de-visita é dos antigos «TLP».

Uma das hipóteses para explicar o sucedido é que (por qualquer motivo mecânico) a placa não possa ser colocada nas 2 posições, mas só assim, como está.

O erro, neste caso, teria sido do calceteiro que colocou as pedras, o que terá feito com ela fora do lugar. Seja como for, houve alguém que, no fim, se deu por satisfeito com o resultado... e pagou o serviço.

27 de janeiro de 2010 às 17:13  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Outra hipótese (no seguimento da anterior):

Repare-se que, para que o empedrado ficasse certo, as etiquetas de canto (onde se lê "TLP") ficariam uma para cada lado...

27 de janeiro de 2010 às 17:34  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Acabei de ver um outro caso semelhante (que não fotografei porque já estava escuro) e que confirma que é a rapaziada dos ex-TLP que tira e repõe as tampas à balda.
Ao invés, os calceteiros, ao que parece, até fizeram bem o seu trabalho.

Vou ver se amanhã me lembro de tirar e afixar o retrato.

27 de janeiro de 2010 às 18:45  
Blogger R. da Cunha said...

O meu comentário é: sem comentários.

27 de janeiro de 2010 às 18:53  
Blogger Joana Luz said...

O pior é que já não é "rapaziada dos TLP" a mexerem nessas caixas.... Com a mania de contratar empreiteiros e outras firmas para fazer o trabalho que em tempos seriam os funcionários dos "TLP" a fazer de modo a cortarem nas despesas acaba-se por "enterrar" a imagem da empresa. Estas tampas colocadas de qualquer maneira acabam por ser uma questão pequena.... o pior é quando as sub-contratadas tratam mal os clientes.

27 de janeiro de 2010 às 23:44  
Blogger Catarina said...

Outro palpite:
Empregados que ganham um ordenado abaixo do mínimo (estrangeiros!) que se estão borrifando... afinal nem sequer estão no país deles!
Estou a ser cruel... eu sei.... : )

27 de janeiro de 2010 às 23:57  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Acabei de afixar mais duas, de hoje

28 de janeiro de 2010 às 13:21  

Enviar um comentário

<< Home