20.1.11

Não há MESMO nada a fazer...

Lisboa - Rua Oliveira Martins
É COSTUME dizer-se que «mesmo uma grande caminhada começa com um 1.º passo». No caso que a imagem documenta, vejam-se os "passos seguintes" [AQUI].
.
Actualização: a foto seguinte, acabadinha de tirar, é do "Local B" dos "Prémios António Costa" e documenta a destruição "fresquinha" (esta manhã mesmo) de mais um pilarete.
.
E se os responsáveis por isto (os que fazem mais os que deixam fazer) fossem para o grande raio que os parta?

4 Comments:

Blogger Marota said...

Isto só acontence no país "faz de conta que somos civilizado". Aqui na Alemanha quem destrói, é multado e obrigado a pagar os danos provocados.

20 de janeiro de 2011 às 10:27  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Esta manhã, no local onde a foto de baixo foi tirada, havia ali perto: uma brigada da Polícia Municipal (a apoiar a empresa que está a retirar as iluminações de Natal), um reboque da mesma polícia (a 50 metros dali) e uma fiscal da EMEL (mas especada do outro lado da avenida).

Os respectivos chefes (que, no fundo, são os verdadeiros responsáveis por esta vergonha) bem podem limpar as mãos à parede e, enquanto não os conseguimos despedir, far-nos-iam um grande favor se fossem para o GRANDE RAIO QUE OS PARTA.

20 de janeiro de 2011 às 12:01  
Blogger Karocha said...

CMR

Pelo menos, o prémio "Lagosta"veio na revista do CM de ontem.
Espero que sirva para algo de positivo!

24 de janeiro de 2011 às 01:15  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Sim, eu sei. Mas traz algumas incorrecções. A entrevista foi telefónica, e eu pedi para ler o texto antes de publicar e não mo deram.

Entretanto, os «Prémios A. Costa» foram actualizados, estendendo-se agora a outras situações.

24 de janeiro de 2011 às 10:21  

Publicar um comentário

<< Home