31.7.14

Génio, põe os olhos em quem não é burro!

Por Ferreira Fernandes 
Do que eu mais gosto do Tanque dos Tubarões é o calculismo, a falta de generosidade. E digo isto porque sou generoso. Quem vai pedir para um negócio deve ter por parceiro não um mecenas mas alguém que pense mais nos seus interesses do que em ajudar. E o espírito do programa televisivo americano (Shark Tank, por cá passa na SIC Radical) é mesmo esse: quem negoceia tem de ir tão bem preparado como se mergulhasse com tubarões. É, portanto, por ser generoso que gosto da falta de bondade do programa. Quem dera a tantos pequenos acionistas portugueses terem sido educados na desconfiança, não estariam agora com as calças na mão. Lembrei-me disso por estes dias quando vi esta primeira página de jornal: "Génio do Euromilhões precisa de dinheiro." Um jovem português com um projeto que pretende aumentar as chances de ganhar no Euromilhões foi aceite no MIT, reputada universidade americana. Mas não podia partir porque, entre outras coisas, a TAP não oferecera a viagem. E estavam espantados, ele e o jornal. Qualquer dos tubarões do tanque seria cínico: "Então, rapaz, o teu sistema genial não deu para ganhares dinheiro para a passagem?" Outro que também lhe ensinava alguma coisa seria Durão Barroso, que veio cá trazer 26 mil milhões e disse: "Uma pipa de massa!" E disse em linguagem popular por duas razões: 
1) para o povo perceber e 
2) porque Durão tem um projeto para breve e luta por ele. 
Rapaz, põe os olhos em quem faz pela vida!
«DN» de 31 Jul 14

Etiquetas: ,

1 Comments:

Blogger Henrique ANTUNES FERREIRA said...

Carlosamigo


Hoje não comento, só informo: já tenho que me publique o livro de crónicas: a Chiado Editora.

Abç

31 de julho de 2014 às 22:23  

Enviar um comentário

<< Home