29.3.06

Anexos grandes => "mails" perdidos

Amigos,

A minha caixa de correio da Netcabo só tem capacidade para 15 Mega, pelo que perdi TODO o correio que me enviaram entre as 9h da noite de ontem e as 9h da manhã de hoje.
No caso de e-mails com anexos que tenham mais de 1 ou 2 Mega, enviem-mos, de preferência, para medina.ribeiro@graffiti.net ou para medinaribeiro@iol.pt

8 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Posso humildemente sugerir que use uma conta no gmail? Depois, ou a consulta directamente por pop ou web ou a redirecciona para outra conta pop. Vantagens: capacidade ilimitada, filtro spam, endereço perene à prova de mudança de ISP.

29 de março de 2006 às 12:02  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Anonymous das 12:02PM

Claro, mas há um outro problema com algumas dessas contas de mail:

Os mails puxados delas contam como tráfego internacional.

A Netcabo dá apenas 1 Giga/mês de tráfego INTERNACIONAL, o que corresponde a cerca de 33 Mega/dia.

29 de março de 2006 às 12:53  
Anonymous André Cid said...

não sei se é o seu caso, mas se possui uma ligação mega2, o limite mensal de downloads internacionais subiu para 10 Gb... no 256 mantem-se no 1 Gb.

anyway poderá sempre receber os mails no gmail e fazer forward para uma conta nacional antes de os puxar, e contornar assim (e à portuguesa )o limite de downloads ;)

29 de março de 2006 às 14:23  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

André Cid,

De facto, parece que tem razão...
Ainda há pouco tempo paguei "excesso de tráfego" acima de 1 Giga e a Netcabo subiu o limite para 10 Giga e não disse nada!!

29 de março de 2006 às 14:33  
Blogger maloud said...

Comigo aconteceu o mesmo. Tenho a mania de visitar hoteis em França. Parece que a conta foi interessante. Pelo menos foi-me pedido, que moderasse as viagens.

29 de março de 2006 às 22:54  
Anonymous Anónimo said...

Já experimentou mudar de operador? A TVTEL, no Porto, a Cabovisão no sul e o CLIX onde há lacetes desagregados, não são o ROUBO que essa futura empresa SONAE anda a cobrar.

29 de março de 2006 às 23:31  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Talvez o Clix seja solução, sim.

A Cabovisão não actua em Lisboa e a TVTEL julgo que também não.

30 de março de 2006 às 00:09  
Anonymous Anónimo said...

Esqueci-me de outra vantagem do gmail: se o puser a redireccionar para uma conta no seu ISP (com a dupla vantagem de a) contar como tráfego nacional e b) ser à prova de mudança futura de ISP), então o gmail vai tentando periodicamente entregar o email, de 4 em 4 horas durante 4 dias, se a caixa de correio do ISP estiver cheia.

A Cabovisão, que durante muito tempo não teve licença para actuar em Lisboa e Porto, o que foi decisivo para o quase-monopólio da TV Cabo e para a quase-falência da Cabovisão, mas agora as licenças são todas nacionais, pelo que a Cabovisão já entrou no concelho de Lisboa, embora em áreas limitadas. É pena é que não tenha dinheiro nem para fazer publicidade nem para ter melhor programação. A TVTel, da Cofina, também anunciou querer vir para Lisboa mas essa ainda estou para ver.

30 de março de 2006 às 10:33  

Enviar um comentário

<< Home