19.2.09

Pescadinhas de rabo na boca

Por Joaquim Letria
INTERESSANTE TRABALHO jornalístico o de Clara Viana no Público, a explicar-nos quem é quem no caso Freeport.
Cândida de Almeida dirige o DCIAP e foi da Comissão de Honra da candidatura de Mário Soares; Lopes da Mota, o presidente do Eurojust, foi secretário de Estado da Justiça de Guterres; Santos Alves, representante de Portugal no Eurojust, foi inspector do Ambiente, nomeado por Sócrates, entre 2000 e 2002, depois de delegado do MP em Felgueiras; Júlio Pereira, chefe do SIRP, foi o braço direito de Rui Pereira no SIS, antes deste último ser ministro da Administração Interna; Fernanda Palma, a mulher de Rui Pereira, é do Conselho Superior do Ministério Público; e, por fim, o juiz Carlos Alexandre, titular do caso Freeport, alertou para a suposição de haver escutas a magistrados.
Isto parece uma travessa de pescadinhas de rabo na boca. Não fôssemos todos primas e primos, nesta terra! Por acaso, está bom de ver!
«24 Horas» de 19 de Fevereiro de 2009

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger Táxi Pluvioso said...

Portugal tem pouca gente. A culpa é do D. Sancho.

20 de fevereiro de 2009 às 07:34  

Publicar um comentário

<< Home