7.1.11

«A Quadratura do Circo» - Sair por cima

Por Pedro Barroso

O OLIVEIRA e Costa afundou o BPN e o País?
Bom, ele esteve "dentro", mas já está em casa - logo, até ver, saltou por cima!

O Banco de Portugal ignorou a fraude que o BPP e o BPN preparavam!?
Então a entidade reguladora ou estava a dormir ou foi incompetente e não funcionou.
Resultado espantoso: o Constâncio, elástico... saltou para cima!

Dias Loureiro desapareceu? Ainda será conselheiro da Nação?
Parece que, esse, deu mesmo um salto enorme - está em Cabo Verde, ultra milionário, na maior! Grande pulo.

Já Jorge Coelho decidiu que a vida de Ministro era uma baixeza cheia de problemas e dores de cabeça.
Saltou para a privada... e de que maneira - tem dos mais altos salários nacionais!

E a sentença da Casa Pia? Saiu? Não saiu? Vai ter recurso? Já se fala em novo julgamento...
Resultado: os pedófilos, até ver, saem por cima.

Sócrates, no Freeport era Ministro do Ambiente e parece que meteu a pata na poça.
Resultado: subiu na vida e saltou... para 1º Ministro!

Cavaco lucrou 140% com as acções da SLN!?
Saltou muito por cima do esperado, pois não valiam um chavo!

E o deficit? Caramba, que dizer, se todos os anos sobe e ultrapassa as mais impensáveis fasquias?

Afinal, que fazer com esta gente? Campeões de salto em altura, está visto!...

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger José Batista said...

Uns saltadores!
Melhor que à vara.
Com vara?
Vara...

E com muitos deles a invocarem constantemente a "ética republicana". Que não lhes basta a ética propriamente dita.
Conheço até quem (já) proponha a expressão "ética arrepublicanada", embora ainda me escape a abrangência do seu significado, malgrado a abundância de exemplos, à esquerda à direita, à frente e à retaguarda, e, enfim, por tudo quanto é sítio...

E sem que alguém lhes aplique umas "varadas".

Um (estimado) professor meu afirmava que os países (verdadeiramente) desenvolvidos valorizam (muito) a inteligência, mas que Portugal, em "compensação" é um país de espertos.
E é.

7 de janeiro de 2011 às 23:06  

Publicar um comentário

<< Home