16.8.12

Não entendo

Por Helena Matos 
O desaparecimento de documentos é em Portugal e não sei se noutras paragens uma prática ou uma acusação recebida com uma tolerância verdadeiramente surpreendente.

Etiquetas: ,

1 Comments:

Blogger O Farsola de Massamá said...

Qualquer um, menos a tonta da Helena Matos.
Não lembra ao diabo.
Maia vale a monomania das calçadas.

16 de agosto de 2012 às 21:32  

Publicar um comentário

<< Home