18.12.13

Contributos para o debate sobre a calçada portuguesa (2)


Uma vez retirados os equipamentos (cartazes, anúncios, mupis, semáforos, caixas dos CTT, quiosques, postes de sinalização, etc.), os respectivos suportes são, frequentemente, simplesmente cortados rente ao chão (em vez de desmontados, com a subsequente reposição das pedras da calçada).
As imagens que aqui se vêem foram obtidas na mesma avenida, sendo apenas uma pequena amostra do que nela se pode ver... e, já agora, tropeçar...).

1 Comments:

Blogger 500 said...

São da mesma escola dos pinta-paredes, só que recebem salário.

18 de dezembro de 2013 às 14:39  

Publicar um comentário

<< Home