19.9.05

Quando um ano se transforma em dois

SEGUNDO uma ideia muito difundida, Newton teria nascido no ano em que Galileu morreu.

Ainda hoje li essa afirmação e eu próprio - mea culpa! - já a escrevi. É fácil, aliás, acreditar que se trata da verdade. Qualquer enciclopédia refere 1564 e 1642 como datas de nascimento e morte de Galileu e 1642 e 1727 como datas de nascimento e morte de Newton. Onde está então a dúvida?

A verdade é que os dois 1642 são diferentes. Um está referido ao calendário gregoriano actualmente em vigor em quase todo o mundo. Outro está marcado pelo antigo calendário juliano, que foi abolido na Europa ao longo dos séculos XVI, XVII e XVIII.

Galileu morreu em 8 de Janeiro de 1642, segundo o calendário gregoriano, que foi adoptado na península italiana em 1582. E Newton nasceu em 25 de Dezembro de 1642, segundo o calendário juliano na altura usado em Inglaterra e mantido nesse país até 1752.

Se referirmos ambas as datas ao mesmo calendário temos surpresas.

Convertendo o nascimento de Newton para o calendário gregoriano, vemos que ele nasceu dia 4 de Janeiro de 1643. No ano seguinte ao da morte de Galileu e 361 dias mais tarde!

Poderia pensar-se que os dois sábios teriam nascido no mesmo ano se se adoptasse o calendário juliano para ambos. Mas também isso não é verdade.

Neste último calendário Newton nasceu em 25 de Dezembro de 1642, como se disse, e Galileu morreu em 29 de Dezembro, mas de 1641 - os mesmos 361 dias de diferença. Na base deste desfasamento está a diferença de dia adoptado para começo do ano. No calendário gregoriano é 1 de Janeiro, como se sabe.

No caso juliano era 25 de Março.

Fazer história pode ser mais difícil do que se pensa. As coincidências de datas podem ser apenas aparentes.

(Adapt. do Expresso-online)

1 Comments:

Blogger Peter of Pan said...

Como as coisas (aparentemente) simples podem ser mais complicadas do que as coisas complicadas...

19 de setembro de 2005 às 15:56  

Enviar um comentário

<< Home