22.1.06

ELEIÇÕES - "Post" aberto especial

Aqui fica este post-aberto especialmente colocado para quem quiser comentar os resultados eleitorais.

8 Comments:

Anonymous Anónimo said...

O presidente mais minoritário de sempre.

22 de janeiro de 2006 às 22:01  
Anonymous Anónimo said...

Felizmente mais minoritario de sempre. Valha-nos isso...

22 de janeiro de 2006 às 22:18  
Blogger António Viriato said...

Querem ver que foram eleger o filho do merceeiro ? Cambada de ingratos ! Com uma personalidade tão doutorada e tão universalizada à disposição do bom povo e, este, néscio, preferiu um rústico, do fundo de um poço, lá de Boliqueime, ou que diabo é, esse lugar inóspito, a leste do paraíso político nacional ! Que tremendo desconchavo, senhores ! Nunca tal coisa fora vista nos últimos trinta anos !...

23 de janeiro de 2006 às 01:00  
Anonymous Anónimo said...

Sempre gostei de ler os comentários daqueles(as) que não sabem perder... É engraçado como a "inteligência" reflectida antes do acto eleitoral por alguns é transformada em arrogância e cinismo após a derrota do candidato que apoiam. Chegam ao ponto de por em causa a democracia... já que ela parece não funcionar para eles. O povo votou, um candidato ganhou, ninguém foi obrigado a votar, as eleições foram democráticas. Também poderia perder algum tempo a criticar os derrotados, mas eles sabem bem porque perderem e quem os apoia também.
B.

23 de janeiro de 2006 às 10:08  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

B,

«eles sabem bem porque perderam»

Olhe que se calhar não sabem...

Costuma dizer-se que o «Santana Lopes ainda não percebeu o que lhe aconteceu e ainda não sabe porque é que perdeu».

Pelo mesmo motivo, palpita-me que os que ontem foram derrotados também não perceberam porque é que o foram:

Vivem noutro mundo, desligados da realidade.

Só assim se explica que tenham passado o tempo todo a dar tiros-no-pé, sem enxergarem o que estavam a fazer.

23 de janeiro de 2006 às 10:18  
Blogger Filipe Baldaque said...

Por um se perde, por um se ganha e em democracia é a soma de todos os votos que definem o vencedor. A margem da vitória não é importante porque como disse o Nosso Presidente, "a maioria que me elegeu fica agora dissolvida porque serei o Presidente de TODOS OS PORTUGUESES".
Só tive pena que Louçã tenha ultrapassado os 5% que lhe darão direito a receber uma subvenção do estado.

23 de janeiro de 2006 às 11:43  
Blogger ""#$ said...

""Vivem noutro mundo, desligados da realidade.""

Carlos ,exactamente!.
E depois não percebem porque ganham e não percebem porque perdem.

23 de janeiro de 2006 às 11:50  
Blogger Fernando Oliveira Martins said...

Eu, que votei CS, posso garantir que ele não será o meu Presidente - sou monárquico...

23 de janeiro de 2006 às 13:50  

Publicar um comentário

<< Home