29.8.06

Um soninho descansado

PORTANTO, eis que saiu mais um decreto com mais umas multas por motivos ambientais - e terríveis, como não podia deixar de ser! Ainda bem, é sempre bom sabermos que há para aí uns legisladores atentos a essas coisas.

Mas... será confusão minha, ou há anos e anos que os atentados ambientais se sucedem, em grande escala e à vista de todos - desde as descargas (na Ribeira dos Milagres, no Alviela e nas praias) até à construção clandestina em áreas protegidas e de domínio público, passando pelas lixeiras de frigoríficos e colchões por todo o lado?

Nesse triste tema, há algumas novidades, alguma coisa que não se saiba desde sempre (até mesmo quem são os responsáveis - por acção ou omissão)?

Para tudo isso, as penalidades já existem há muito - o que falta... será preciso dizê-lo?!

Claro que os adeptos e praticantes das leis-da-treta estão atentos e fazem a única coisa que sabem fazer bem:

De vez em quando lá acordam, espreguiçam-se, bocejam, aumentam as multas para valores "terríveis"... e depois viram-se para o lado que lhes dá melhor dormir.

2 Comments:

Anonymous VC said...

Em 31 de Julho p.p. saiu tanbém a nova lei do ruído, por imposição da UE. A anterior não foi, nem é, minimamente cumprida, mas não há melhor que a fuga para a frente...

29 de agosto de 2006 às 20:25  
Anonymous O Polícia said...

As leis já são tantas que não há " polícias " que chegue. É para o Ambiente, é para o Fisco, é para o Tribunal de Contas, é para o roubo de esticão...

29 de agosto de 2006 às 22:38  

Enviar um comentário

<< Home