20.9.07

Nesta ingénua anedota de «Humor Antigo», de 1923, já aparecia referida uma tal 5.ª perna do porco que, mais recentemente, veio a ser celebrizada em presuntos e fiambres:

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

EHEHEHEH!!
:)

20 de setembro de 2007 às 17:59  
Blogger R. da Cunha said...

Bem se sabe que o vendedor sabia que os presuntos à venda, por lotes, eram provenientes de gémeos autênticos e não de falsos gémeos ou aparentados. Os certificados estavem disponíveis para a clientela mais exigente, tal como o das fatias mais recentes...

20 de setembro de 2007 às 18:36  
Blogger bananoide said...

Bom, as fatias de fiambre ainda se explicariam com a experimentação genética, agora em 1923, que explicação haveria para um porco com uma 5ª perna? Malandrice... malandrice...

20 de setembro de 2007 às 19:20  
Blogger R. da Cunha said...

É bem possível que em 1923 ainda houvesse porcos com 5 pernas. Não existia a ASAE e era o tempo em que os porcos andavam de bicicleta (um árbitro de futebol era desse tempo, se bem se lembra. A quinta perna servia de travão, salvo erro.

20 de setembro de 2007 às 23:27  

Publicar um comentário

<< Home