27.8.08

A protecção da Banca

Por Joaquim Letria
A BANCA EM PORTUGAL ganhou uma medalha olímpica de prata em ineficácia, incapacidade, incompetência e custas aos clientes. Quem tal proclama é uma espécie de Comité Olímpico da Banca Mundial que nem precisa de contar duas vezes, ou tirar as provas dos noves, para chegar a essa brilhante e incontestável evidência.
Injustamente, as autoridades internacionais da banca não atribuem o valor individual de tais prémios nem anunciam a quem cabe o mérito de tão honrosa classificação de Portugal, mas com o passado indesmentível do BCP, não há recordistas que escapem injustamente.
Uma coisa é inegável: a vergonha é portuguesa, mas não deveremos ser exclusivistas nem xenófobos. A banca, em geral, tem sido mais protegida do que o Banco Ambrosiano e os banqueiros já não os penduram das pontes nem são presos, quando lhes descobrem as falcatruas.
«24 Horas» de 26 de Agosto de 2008

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger Menina_marota said...

Não ganhou só uma...as de ouro, já estão todas garantidas, em várias modalidades!

27 de agosto de 2008 às 19:46  

Enviar um comentário

<< Home