22.8.08

Um passatempo inesperado...

ESTE PASSATEMPO não devia estar aqui nem agora... - e explico porquê:
Ontem, no seu Portugal dos Pequeninos, o João Gonçalves referiu esta obra, e eu pensei em desafiá-lo a promover um passatempo que premiasse o melhor comentário que fosse feito - mas no blogue dele, evidentemente.
Ora, o certo é que não clarifiquei a minha ideia, pelo que ele acabou por, numa simpática actualização ao seu post, remeter os leitores para o Sorumbático.
Cá estamos, pois; e agora eis-me na dificuldade de arranjar um critério para atribuição do prémio! Seja, então, o seguinte:
«Tratando-se de uma obra de peso na literatura internacional, quantos gramas pesa o livro na edição que aqui se mostra?»
*
As respostas deverão ser dadas aqui, em comentário, entre as 12h00m e as 20h00m de hoje (inclusive), sendo o prémio atribuído ao leitor que mais se aproxime do valor certo. Cada leitor poderá concorrer com 2 palpites, no mesmo comentário ou não.
Actualização (21h08m): ver resultados [aqui].

Etiquetas: ,

14 Comments:

Blogger Fátima André said...

185 gramas

22 de agosto de 2008 às 12:24  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Cada leitor poderá concorrer com 2 palpites, no mesmo comentário ou não.

22 de agosto de 2008 às 12:26  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Houve uma falha minha!!

Por lapso, ao querer apagar o meu comentário anterior, apaguei o de um leitor.

Julgo que ele tinha escrito 190g.

Confirma-se?

22 de agosto de 2008 às 13:14  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

O comentário indevidamente apagado (mas que consegui encontrar) era de Tony Madureira. Aqui fica, com as minhas desculpas:

Bom dia,

digo 196 gramas.

22 de agosto de 2008 às 13:16  
Blogger Carlos Loureiro said...

palpite 1: 222 gramas
palpite 2: 244 gramas

22 de agosto de 2008 às 13:44  
Blogger Mr. Shankly said...

275 e 285.

22 de agosto de 2008 às 15:13  
Blogger Manuel Araújo said...

Arrisco:
1ª: 300
2ª: 310

Bom fim de semana a todos.

Abraço

Araújo

22 de agosto de 2008 às 16:36  
Blogger Luis Bonito said...

320 e 350 gramas.

22 de agosto de 2008 às 16:46  
Blogger Pedro Amorim said...

200, 210 gramas

22 de agosto de 2008 às 17:24  
Blogger R. da Cunha said...

278 gramas é o valor certo (na minha balança, que não é de laboratório!).

22 de agosto de 2008 às 18:08  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

No fim do passatempo, afixarei uma foto da pesagem que fiz, com o livro e a balança que tenho aqui.

Esta é uma Philips, electrónica, modelo HR 2389.
Melhor ou pior, o valor que ela deu vai ter de ser o considerado.

NOTA: a humidade ambiente pode ser importante. O mesmo livro, em diferentes horas do dia ou em ambientes diferentes, pode ter variações de peso de vários gramas.

22 de agosto de 2008 às 18:17  
Blogger bolonhado said...

1 - 269 gramas
2 - 282

PS. já recebi os livros. Gracias. NA Antologia do Trindade Coelho também há matéria para um passatempo: decifrar as adivinhas do "conversas á lareira". Não lhe parece?!
Cumprimentos

22 de agosto de 2008 às 18:37  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Ando aqui de roda dos resultados porque a mesma balança e o mesmo livro dão, a esta hora, um valor diferente do da manhã...

Não sei se considere o 1.º, o 2.º ou a média de ambos...

-

Bolonhado:
Não fiquei com nenhum exemplar desse livro do Trindade Coelho.
Se puder, envie-me (para sorumbatico@iol.pt) as partes que refere, pois pode ser boa ideia.

22 de agosto de 2008 às 20:11  
Blogger R. da Cunha said...

Tenho que lavrar o meu protesto: a balança do CMR está demasiado avariada. Ou será a minha? Também é verdade que ela me deu vários pesos... Uma delas tem que ir para o lixo. Lá terei que comprar outra, se não a farinha e o açucar vão ficar desajustados ao bolo...
Abr.

22 de agosto de 2008 às 21:22  

Enviar um comentário

<< Home