11.12.08

No reino das leis-da-treta

Continuando (a cena é de ontem): apesar dos vários avisos existentes nesta Estação Central dos CTT, uma jovem senhora entrou com o cão por ali adentro (sem trela...) e deixou-o andar à solta durante cerca de uma hora - passada a qual se foi embora com o animal atrás sem que, durante todo esse tempo, alguém a tivesse interpelado.
Dir-se-á que "não fez mal", que "não foi grave", etc. Será tudo verdade. Mas o que sobressai, em cenas como esta, é a ideia - tão nossa e tão enraizada! - de que as disposições legais são meras sugestões que o cidadão só cumpre se estiver para aí virado...

Etiquetas:

4 Comments:

Blogger R. da Cunha said...

Então não se trata de um país de brandos costumes? Não há qualquer problema, até surgir um...

11 de dezembro de 2008 às 21:10  
Blogger JSA said...

Fora a parte dos desrespeito pelas regras, deixo um outro caso.

Na Holanda, onde vivo, é normal ver as pessoas a levar os cães para as lojas. Sejam estas lojas de livros, roupas ou até simples supermercados. Algumas têm o seu dístico a avisar que não é permitido (e as pessoas deixam o cão à entrada, o qual espera pacientemente o dono), mas muitas outras não. Pergunto-me se isto não levanta dúvidas sobre a higiene nestes espaços...

12 de dezembro de 2008 às 08:54  
Blogger Táxi Pluvioso said...

Até os cães têm vida difícil entre os lusos.

12 de dezembro de 2008 às 14:25  
Blogger SV said...

É militância pelo direito de resistência.

16 de dezembro de 2008 às 18:01  

Publicar um comentário

<< Home