20.2.09

Políticos menos que vendedores de automóveis

Por Joaquim Letria
NOVE EM CADA DEZ portugueses confiam nos bombeiros, nos pilotos e nos farmacêuticos. Os pior classificados são os políticos, com apenas 1 em cada 100 portugueses a dar-lhes crédito, dez vezes abaixo dos vendedores de automóveis, com 10 em 100.
Jogadores de futebol (15%), sindicalistas (17%) e advogados (24%) ainda despertam a confiança em alguns portugueses, enquanto farmacêuticos (93%), enfermeiros (89%) e médicos (86%) ficaram muito à frente dos padres, taxistas e jornalistas que se perfilam à frente dos juízes e magistrados (34%).
Meteorologistas, agricultores e professores fazem a ponte entre os mais confiáveis da nossa terra e aqueles de quem é melhor fugir. Estes números são o resultado dum estudo da revista do “Reader’s Digest”, que teve a paciência de auscultar a opinião de 10500 dos seus assinantes.
Como a revista nos ensina há muitos anos, “Rir é o Melhor Remédio”!
«24 Horas» de 20 de Fevereiro de 2009

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger bravomike said...

Caro Letria
Há dez/quinze anos, apareciam por vezes umas listas destas no DN,
com os militares nas posições cimeiras.
Pelos vistos, terão desaparecido.
O que ambos podemos testemunhar e eu confirmo.
A bem do Regime.
JB

21 de fevereiro de 2009 às 01:40  

Enviar um comentário

<< Home