22.6.12

Apontamentos de Lisboa

ESTAVA eu a fotografar a habitual cena da camioneta que abastece o talho da Av. Óscar Monteiro Torres quando se me deparou uma outra, que também dá que pensar. Aqui fica ela, sob a forma de uma sequência.
.
Actualização: Com estas fotos, eu pretendia levantar aqui (eventualmente como contraponto da pobreza e da miséria) a realidade da "mendicidade profissional" - aquela que é exercida como um verdadeiro emprego (em local e horário certos), muitas vezes por pessoas perfeitamente válidas.

1 Comments:

Blogger O Farsola de Massamá said...

O Carlos, Engº PCP (Provedor das Calçadas de Portugal) devia adaptar-se aos novos tempos.
Passar a ser também Engº PPC.
Atenção, não quis insultá-lo, com a sigla Pedro Passos Coelho, nem quis que ele deixasse o PCP, que é um amor para a vida.
Apenas que passasse a ser também Provedor das Portas das Casas.
Efetivamente não faz sentido vir para a rua embicar com calçadas, sacos de lixo, estacionamentos, etc, etc, saindo de um dos mais belos edifícios da Av. de Roma, onde habita, por uma porta de alumínio verde com as caixas de correio a espreitarem para fora.
Esta porta substituiu, há muito, uma bela porta de ferro trabalhado dos anos 50.
Como é isto possível na casa do maior PCP que a cidade de Lisboa tem?
Quererá o Carlos, agora com este pequeno desafio, candidatar-se também a ser PPC?
Esperemos todos que sim.
Mãos à obra Carlos.

22 de junho de 2012 às 17:42  

Publicar um comentário

<< Home