11.2.20

No "Correio de Lagos" de Jan 20

Pensando bem, nada impediria que os elevadores (e até mesmo as máquinas de lavar e os aspiradores!) funcionassem a derivados do petróleo. Então porque é que nos rimos só com essa ideia, e todos usam electricidade? Bem... é que ela é limpa, fiável, segura, abundante, barata, facilmente transportável e manuseável, pode ser produzida de inúmeras formas (nomeadamente a partir de fontes renováveis — com as quais, em Portugal, chega a ultrapassar as necessidades do consumo), é importável e exportável instantaneamente (de e para a rede europeia, sem limites nem necessidade de intervenção humana), dispensa navios-tanque, camiões-cisterna e pipe-lines, é comercializada a preços variáveis (permitindo a escolha do fornecedor e da tarifa mais conveniente), chega, à velocidade da luz, a todo o lado onde possa chegar um condutor eléctrico, e é transformável em luz, calor e movimento, — permitindo-nos, neste último caso, beneficiar das vantagens próprias dos motores eléctricos, a saber:
Simplicidade (apenas um rotor e um estátor), movimento rotativo (e não de vaivém), ruído mínimo (sem explosões), velocidade (tipicamente 0-18000 rpm), fiabilidade, binário instantâneo, alto rendimento, e — cereja em cima do bolo — possibilidade de recuperar a energia aquando da redução da velocidade. O seu único ‘handicap’ é ser difícil de armazenar em grandes quantidades, o que tem atrasado a massificação do transporte AUTÓNOMO eléctrico.
Porém, em finais do século passado, o Ocidente foi confrontado com o desafio da poluição crescente e com os problemas geopolíticos relacionados com o petróleo, o que criou novas necessidades e oportunidades para o desenvolvimento da tecnologia das baterias (nomeadamente as de Lítio), levando-as a evoluir em termos de capacidade, peso, volume e preço — ao passo que a alternativa do Hidrogénio também começou ser interessante, especialmente para o transporte pesado. E foi assim que, na última década, começaram a ser produzidos, e às centenas de milhares por ano, veículos eléctricos AUTÓNOMOS, contando-se actualmente o seu número por milhões (desde trotinetas até autocarros e navios!), e em rápido crescimento.
Por seu lado, os veículos eléctricos com TRAJECTOS FIXOS, nomeadamente os comboios, sempre se riram dessa limitação e, com mais ou menos hesitações dos poderes públicos, lá foram aparecendo entre nós — sempre de saudar, até porque só eles conseguem ser competitivos com os aviões no curto e médio curso.
Então, e sendo verdade tudo o que atrás se disse, porque é que os comboios das linhasLagos-Tunes e Faro-Vila Real de Sto António ainda são a fuel, e vão continuar, por mais uns anitos, a brindar-nos com a sua ronceirice e poluição? Viemos agora a saber a resposta: é que é preciso fazer uma Avaliação de Impacto Ambiental... que não estava prevista!
.
Ora, e porque as memórias são como as cerejas, dou por mim a recordar o que um saudoso tio meu, proprietário de uma drogaria do Porto, costumava contar:
Em tempos, quando havia jovens serventes a trabalhar em obras ali perto, os operários mais velhos, para os praxarem, mandavam-nos à loja comprar “5 tostões de electricidade em pó”. Um dia, já farto, o meu tio encheu um cartucho com fuligem, entregou-o ao rapaz, ficou-lhe com a moeda — e assim acabou com a brincadeira, pelo menos lá na rua.

E eis que, de súbito, se faz luz no meu espírito! Eu, que não percebia qual era o RISCO AMBIENTAL envolvido na electrificação das linhas de comboio, agora já entendo: é que os “avalia... dores” têm receio que o Algarve venha a ser assolado por densas nuvens negras, da tal “electricidade em pó” que o meu tio vendia, a 50 centavos o cartucho.
Correio de Lagos de Janeiro de 2020

Etiquetas: ,

1 Comments:

Blogger Unknown said...

Okay...

What I'm going to tell you might sound a little creepy, maybe even a little "supernatural"

HOW would you like it if you could just hit "Play" to LISTEN to a short, "magical tone"...

And miraculously bring MORE MONEY to your LIFE??

And I'm really talking about thousands... even MILLIONS of DOLLARS!!!

Sound too EASY?? Think this couldn't possibly be for REAL?!?

Well, I'll be the one to tell you the news..

Usually the largest miracles in life are the SIMPLEST!!!

In fact, I'm going to PROVE it to you by allowing you to listen to a real-life "magical abundance tone" I've synthesized...

And TOTALLY FOR FREE

YOU just press "Play" and watch money coming right into your life... starting almost INSTANTLY...

CLICK here now to play this marvelous "Miracle Abundance Tone" - as my gift to you!!!

9 de março de 2020 às 10:21  

Publicar um comentário

<< Home