21.9.05

«Foi você que pediu...?»

DE vez em quando, aparecem pessoas muito conhecidas que, apanhadas nas teias de algum sarilho, são intimadas pelas autoridades a prestar declarações.
Então, perante as câmaras e os microfones, fazem questão de explicar ao mundo que foram ali «pelo seu próprio pé».

A sra. D. Fátima Felgueiras, que toda a gente sabia que iria ser detida quando chegasse a Portugal, também teve o cuidado de explicar que «foi presa a seu pedido».

O espantoso é que é assim que a notícia é dada, hoje, pela Comunicação Social - como se fosse a coisa mais natural deste mundo!
--
Curiosidade: O «Expresso-online» adianta mesmo que «o pedido foi prontamente comprido» (sic).

8 Comments:

Anonymous Anónimo said...

O nosso país é uma farsa. A farsa é epidémica e já ninguém se lembra bem como foi que começou, mas está instalada nos media, na separação de poderes, na magistratura, nos políticos em geral, nos governantes em particular e claro está, na vida de cada um dos cidadãos, para grande alegria de todos os que puxam os cordelilhos e fazem dançar as marionetas. E nós, que fazemos? Indignamos-nos, gritamos, escrevemos, barafustamos, pensamos, muitas vezes calamos, esperneamos, tentamos desembaraçar-nos da teia... e o tempo vai passando e a epidemia vai ganhando terreno e nós, por cá, a remar contra a maré, teimosamente tentando... tentando... tentando....

21 de setembro de 2005 às 11:45  
Anonymous Anónimo said...

Entretanto FF brinda o povo com mais uma pérola. Segundo o DD "A ex-autarca Fátima Felgueiras, detida esta quarta-feira em Lisboa, invocou a imunidade dos candidatos autárquicos para evitar a prisão preventiva, disse à Agência Lusa fonte da Polícia Judiciária (PJ)".
Afinal o pedido era outro. A verdade é a mesma, mas com moldes diferentes.

ts

21 de setembro de 2005 às 13:36  
Blogger Peter of Pan said...

Há um célebre dito que afirma: "Cada país tem o governo que merece".
No nosso caso, tal é absolutamente verdade: temos os governantes que merecemos.

21 de setembro de 2005 às 15:23  
Anonymous Anónimo said...

isto é tudo uma vergonha!!!!!!!!!

www.observador-atento.blogspot.com

21 de setembro de 2005 às 20:12  
Anonymous Diana F. said...

Fátima Felgueiras é a legítima representante de um Portugal que teima, em não desaparecer.

21 de setembro de 2005 às 23:43  
Anonymous Anónimo said...

No publico (online) hoje le-se que «Fátima Felgueiras manteve, nos últimos meses, contactos com a cúpula do PS, que serviram para concertar as condições do regresso a Portugal, a par de algumas garantias recíprocas», o que realmente é claro como a água... transparencia é o que não falta neste triste processo!
E a farsa continua...
Lily of the Valley

22 de setembro de 2005 às 10:34  
Anonymous joana said...

É lastimável, mas este tipo de pessoas e situações, não existem só em Portugal, infelizmente...

22 de setembro de 2005 às 12:35  
Anonymous Anónimo said...

Futebo, Fado & Fátima... Felgueiras:


Falemos Francamente:
Fico Fascinado com a
Fulminante Facilidade com que a
Famosa Foragida,
Frequent Flyer, de
Fala Fácil,
Flagrante Falsidade e
Fecunda Fantasia
Forja Factos,
Fabrica Falácias e
Finta Fronteiras para
Fazer Felizes os seus
Fiéis Felgueirenses.

Força Fatinha!

22 de setembro de 2005 às 20:46  

Enviar um comentário

<< Home