24.1.06

Sem palavras

(Env. por JAM)

7 Comments:

Anonymous Anónimo said...

«Dás-me uma mãozinha?»

24 de janeiro de 2006 às 15:45  
Anonymous Anónimo said...

Pensamento do homem sentado: " Lá estão estes gajos aos tiros, enfim, brrr, vou ver!! Não tenho nada que fazer até à hora do treino do futebol. Aqui está uma cena diferente para falar ao pessoal..."; ou então pensou:"..Deixa-me estar aqui como quem não quer a coisa, porque se me ponho a correr, ainda algum se lembra de mostrar que tem boa pontaria e limpa-me, assim pensam que sou um maluquinho e nem me ligam..."

25 de janeiro de 2006 às 09:41  
Anonymous Anónimo said...

Estou confuso! À primeira vista a arma parecia estar a apontar para a frente e não para o sujeito que está sentado, mais concretamente para a mão. Se a arma está realmente a apontar para a mão, então o comentário anterior, que fiz, não têm nexo nenhum.
Palavra que a arma parece que está apontada para a frente!

25 de janeiro de 2006 às 10:15  
Anonymous Anónimo said...

Como não conheço o seguimento deste acto, ou seja, o que aconteceu após a foto ser tirada, é que fiz o meu primeiro comentário.

25 de janeiro de 2006 às 10:20  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Esta imagem pode ter várias leituras:

Uma delas, é realçar o ar pachola do gajo da direita - enquanto o outro se entretém a matar gente.

A outra, pode estar no facto de ele estar em vias de ficar sem a mão...

O facto de deixar o leitor a pensar "O que terá acontecido?" é uma das qualidades deste género de imagens.

25 de janeiro de 2006 às 10:26  
Anonymous Anónimo said...

Pela imagem, vê-se que não está a apontar para a mão. Estão em planos diferentes como se pode ver pelas sombras.

25 de janeiro de 2006 às 11:26  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Tem razão.

Fica apenas o caricato da situação, em que a malta vai para a rua "ver os tiros"

25 de janeiro de 2006 às 11:31  

Publicar um comentário

<< Home