23.7.08

O génio dos corredores

Por Baptista-Bastos
NUM CURIOSO ARTIGO editado no Público de anteontem, o dr. António Borges aplicou, como refrigério para a nossa crise, a extraordinária indicação: "Um grande desafio para o PSD: relançar a economia privada." O dr. Borges, ao que me dizem, é o resultado de uma adição entre conhecimentos gerais de economia e absolutos desconhecimentos da realidade concreta. Não está só, neste campo. Porém, é tido e havido como uma espécie de génio que veio de longe e, pois, marcado pelo toque de civilizações preciosamente trabalhadas.
Com perdão da palavra, não me parece que o artigo em causa seja o produto de uma meninge propensa a grandes elucubrações. Redigido num português medíocre e um pouco confuso, nada diz de novo nem de relevante. O dr. Borges poderia escrever que o grande desafio para o PSD seria relançar a educação ou relançar a justiça ou relançar a saúde ou relançar as pescas ou relançar a agricultura ou relançar a auto-estima - a consequência dava no mesmo: inutilidade redonda.
(...)
Texto integral [aqui]

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger R. da Cunha said...

Não vem nada a propósito, mas o artigo fez-me recordar alguns personagens queirozianos, como o Dâmaso Salcede e o Conde de Abranhos, segundo o relato do seu secretário, Z. Zagalo. Onde diabo fui eu buscar isto?
Tenho que voltar ao Eça...

23 de julho de 2008 às 22:38  

Publicar um comentário

<< Home