14.4.09

Pijama e fato escuro

Por Joaquim Letria

DIÁLOGO QUE PRESENCIEI entre o almirante Silva Horta e o coronel Aventino Teixeira, há uns anos, no final duma cerimónia oficial.
Almirante:
- Vou vestir-me à civil e mandar engomar este uniforme. Só volto a usá-lo na urna.
Aventino:
- O sr. Almirante vai fardado?
Almirante:
- E com condecorações! O Aventino não vai?!
Aventino:
- Como dizem que é o sono eterno, penso ir de pijama, para ficar mais confortável...
Não foste de pijama, mas foste bem, Aventino. Ias de fato escuro, como pedem nos convites, preparado para enfrentares - com compostura, como se exige a um homem de bem, para mais, oficial do Exército - quem quer que nos receba.
Pergunta ao Silva Horta se precisa de alguma coisa e avisa, que um dia destes posso levar-vos uma muda de roupa.

«24 Horas» de 13 de Abril de 2009

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger AM said...

Diz que o Eugénio de Andrade foi de pijama... penso que com o memso raciocínio.

15 de abril de 2009 às 01:10  

Publicar um comentário

<< Home