12.12.09

Queixas

Por João Paulo Guerra

O Governo do PS está a entrar num processo de mimetismo em relação a Cavaco Silva. Já fala em “forças de bloqueio” e até já pede que o deixem governar.

O GOVERNO JÁ APRESENTOU queixas em Belém: “Deixem-nos governar”, um apelo ao qual o inquilino de Belém foi em tempos muito sensível. E as queixas do Governo confirmam as suspeitas de quantos alvitravam que este Governo não se conformaria com a modalidade de governar sem maioria absoluta. E que a palavra “diálogo” repetida até à saciedade no arranque da legislatura era simplesmente um slogan.

Porque a verdade é que o Governo não tem só razões de queixa das oposições. Quem é que salvou o Governo de ter que suspender a avaliação dos professores, o que seria uma verdadeira humilhação? Quem é que vai deixar passar o Orçamento rectificativo? Quem é que ajudou o Governo a tramar a reforma de 84 mil trabalhadores com 40 anos de trabalho e descontos para a Segurança Social? Quem é que poderá salvar o negócio dos contentores? (...)

Texto integral [aqui]

Etiquetas: ,

1 Comments:

Blogger Manuel Brás said...

É, de facto, para lamentar
este queixume insistente
sobre a acção parlamentar
que se quer competente.

A lamúria higienizada
em torno da normalidade,
é, sem dúvida, arrasada
por ser uma infantilidade.

A cultura de negociação
e a política responsável
têm caído em depreciação
de uma forma impensável.

A dramatização excessiva
mina a confiança nacional,
nesta época regressiva
exige-se ética racional.

Epílogo

Com a nau atolada
em terrenos pantanosos,
a decadência revelada
depois de anos luminosos.

12 de dezembro de 2009 às 23:45  

Publicar um comentário

<< Home