26.2.11

Quando eles querem...!


26 Fev 11
DURANTE vários anos (!!), e mesmo já em 2011, referiu-se aqui a vergonha que eram as 'pinturas rupestres' no histórico Pátio do Tronco, à Rua das Portas de Sto. Antão, bem no coração de Lisboa. Hoje, o aspecto era este - impecável! Esperemos que se mantenha assim, pois a regra, nestas coisas, é "gatafunho-atrai-gatafunho"...

NOTA: devido à nova situação, que se saúda, foi alterada a legenda correspondente ao Local M dos «Prémios António Costa».

3 Comments:

Blogger Bartolomeu said...

Agora, para cimentar a obra, era bom que o "tronco" fosse reeditado e que servisse para castigar os vândalos que se aproximassem do local.

26 de fevereiro de 2011 às 20:16  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Qualquer lojeca pode ter uma câmara de vídeo, com o «Sorria, está a ser filmado!». Mas os monumentos nacionais existentes na via-pública não podem...

26 de fevereiro de 2011 às 20:41  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

O objectivo do "pinta-paredes" (seja com desenhos, seja com o seu logótipo) é assinalar, aos seus pares, «Eu estive aqui!»

Logo, a única solução (à parte conseguir apanhar os autores e obrigá-los a pagar - ou a fazer! - a limpeza) é ir apagando, apagando sempre.

Há soluções complementares, como o uso de produtos de protecção nas paredes (que facilitam a remoção das inscrições), a instalação de câmaras de vigilância (em geral, dissuasoras), a denúncia pública (em jornais e blogues, como agora sucedeu) do estado das coisas, etc.

Parece-me evidente que uma particular atenção devia merecer, aos poderes públicos, os monumentos nacionais - mas isso é só uma opinião...

27 de fevereiro de 2011 às 10:17  

Publicar um comentário

<< Home