8.5.11

Apontamentos de Lisboa

Centro Comercial Alvalade
HÁ DIAS, José Sócrates, a propósito do acordo com a troika, falou do que lá "não constava". No dia seguinte, descobrimos o que lá "constava".
Neste centro comercial, sucede - de certa forma - o inverso: começamos por ver um cartaz, à entrada, dizendo o que lá "está". Pouco depois, podemos aperceber-nos de que o essencial é o que lá "não está".

2 Comments:

Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

A foto de baixo é apenas uma de muitas, pois este centro comercial está assim a 90% (ou mais).

8 de maio de 2011 às 12:09  
Blogger Bmonteiro said...

Em 1975 em Moçambique na cidade da Beira, tive oportunidade de responder a uma pergunta sobre o futuro.
Ruas menos povoadas, montras vazias, lojas abandonadas.
Havia em Lourenço Marques, dois cafés na baixa muito frequentados, próximos um do outro.
Há seis anos no Maputo, um deles (Continental?), tinha meia dezena de clientes.
O outro em frente e muito bem frequentado no antigamente, estava vazio e com o interior em ruína.
Em Lisboa, o magnífico Autarca de momento, AntónioC, veio a público dizer sobre o Memorando FMI: tantas coisas/medias necessárias tão óbvias.
Como a m... da reforma que fez no MAI/GNR, em vias de ser corrigida.
Com estudos pagos a duas consultoras externas/privadas.
Espertos, inteligentes que eles são.

8 de maio de 2011 às 15:59  

Publicar um comentário

<< Home