30.8.08

O crime na internet (*)

Por Antunes Ferreira
NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS, dizia-se. Agora, sem margem para dúvidas, não há dias sem muitos. Leia-se: actos criminosos. Aqui há umas semanas rabisquei aqui uma «coisa» em que dizia, mais ou menos, «vou ali assaltar o banco e volto num instante». Agora, no mínimo, terei de utilizar muitos plurais. Demasiados, infelizmente.
Por estes conturbados tempos, há de tudo: para além dos já calinos assaltos a bancos e outros alvos, rouba-se, a dinamite em plena autoestrada, mata-se quem quer que seja, sobretudo porque o infeliz tentou negar-se a entregar a carteira, o cartão de crédito, e muito mais. Como o nosso Povo comenta, mata-se, esfola-se, viola-se, vigariza-se e rouba-se.
Estamos feitos. Estaremos? Tudo aponta para isso. Os «brandos costumes» característicos dos portugueses estão, como estavam os dinossauros, em vias de extinção. (Desculpe Professor Galopim, meti a foice em seara alheia, digo, sua…). E as imensas quantidades de armas que «andam por aí», como acentuava o outro, ajudam e participam. E entram, ao contrário dos testículos.
(...)
Texto integral [aqui]
(*) - A. F. e o Sorumbático oferece(ra)m um livro policial ao autor do melhor comentário feito a esta crónica até às 24h do dia 2 Set 08. V. blogue Travessa do Ferreira - [v. aqui].

Etiquetas:

3 Comments:

Blogger Maria said...

> Ou seja, as novíssimas tecnologias aplicadas ao crime.

Este copy/past de crimes violentos resulta da falta de interoperabilidade entre as forças politicas.
Não há uma estratégia comum e está instalado um fenómeno de Broadcasting na sociedade, resultante do bug e (in)acessibilidade a meios dignos de sobrevivência, de grande parte da população.

Há que obrigar os jovens a fazer um upload de cidadania em vez de desejarem fazer Download dos bens alheios. O Rewind para os tempos de antigamente é impossível, mas ainda vamos a tempo de fazer undo à violência.
Que se aplique já um antivírus para este pitching de Trojans que não hesitam em decretar game-over, sempre que alguém lhes faz frente.

31 de agosto de 2008 às 03:05  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Maria,

Sugiro-lhe que afixe este seu comentário TAMBÉM no 'post' indicado no 'link' (no fim do texto a vermelho).

São esses que serão considerados para efeitos de prémio.

31 de agosto de 2008 às 09:49  
Blogger Maria said...

as suGerências de Vôsselência, são ordens ;) .
Tás postado.
Abreijos !

31 de agosto de 2008 às 22:57  

Publicar um comentário

<< Home