10.3.05

Poluição - Será verdade?

Acabei de receber o que seguidamente transcrevo.

Pergunto a quem possa saber: será verdade o que lá se diz (pelo menos em Portugal, dado que o texto parece ser em "brasileiro"?)

*
ONDE COLOCAR O ÓLEO DE FRITURAS FEITAS EM CASA

Mesmo que não façamos muitas frituras, quando o fazemos, jogamos o óleo na pia ou por outro ralo, certo?

(Etc. Texto completo em "Comentários")

3 Comments:

Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

11 de março de 2005 às 18:03  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Texto completo:

ONDE COLOCAR O ÓLEO DE FRITURAS FEITAS EM CASA

Mesmo que não façamos muitas frituras, quando o fazemos, jogamos o óleo na pia ou por outro ralo, certo?

Este é um dos maiores erros que podemos cometer.

Porque fazemos isto?, perguntam vocês. Porque infelizmente ninguém nos diz como fazer, ou não nos informamos.

Sendo assim, o melhor que tem a fazer é colocar os óleos utilizados numa daquelas garrafas de plástico (por exemplo, as garrafas pet de refrigerantes), fechá-las e colocá-las no lixo normal (ou seja, o orgânico).

Todo lixo orgânico que colocamos nos sacos vai para um local onde são abertos e triados. Assim, as nossas garrafinhas são abertas e vazadas no local adequado, em vez de irem juntamente com os esgotos para uma ETAR - Estação de Tratamento de Águas Residuais, e ser necessário despender milhares de Euros a mais para o seu tratamento.

UM LITRO DE ÓLEO CONTAMINA CERCA DE 1 MILHÃO DE LITROS DE ÁGUA (o equivalente ao consumo de uma pessoa no período de 14 anos)

De nada adianta criticar os responsáveis pela poluição das baías e rios se não fizermos a nossa parte.

VAMOS COLABORAR

11 de março de 2005 às 18:40  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Informa Maria Leonor Maia:

Confirmei aqui com um especialista do ambiente, que esta é a atitude correcta.
Diz ele que, dentro de algum tempo, os óleos irão ser reciclados convenientemente, ou seja, irão gerar biodieseis (como é que será que isto se escreve?).

Até lá, é mesmo melhor deitá-los no lixo orgânico.

Ele acrescentou que, hoje em dia, um quilo de glicerina (para uso farmacêutico, por exemplo) custa alguns contos de reis e que, com a reciclagem prevista, a glicerina recuperada irá fazer baixar drasticamente o seu custo
--
Nota minha:
O pior é que os eco-pontos que há por aí são para Vidro, Embalagens e Papel/Cartão.
Não vejo muitos para Orgânicos.

15 de março de 2005 às 14:47  

Publicar um comentário

<< Home