29.7.05

Adivinha com prémio!


OFEREÇO um exemplar autografado do livro que aqui se vê (*), e que está esgotado, à pessoa que mais se aproximar da resposta certa à pergunta: em que ano foi escrito o texto seguinte?


OS SERVIÇOS DE OBRAS PÚBLICAS

Os serviços do ministério das obras públicas, comércio e indústria são verdadeiramente complexos: por isso, a gerência deles requer, além de muito saber, a mais cuidadosa circunspecção.

Os melhoramentos materiais que tão febrilmente empreendemos, de (...) para cá, gastando anualmente, só em estradas, (...), quantias excedidas nalguns anos, não podem ser hoje empreendidos com o mesmo entusiasmo de outros tempos, porque as circunstâncias do tesouro publico impõem parcimónia no gastar e porque são tantos os melhoramentos exigidos pelo progresso social que é necessário fazer uma selecção nesses melhoramentos.

À sombra dos serviços de obras públicas tem a politica dos partidos saciado as suas ambições e realizado muitos dos seus abusos; por isso, poucos ramos de administração pública carecem de inspecção tão cuidadosa como este a que nos referimos.

--
As respostas deverão ser colocadas, aqui, em "Comentários".

No caso de haver mais do que uma resposta certa, o prémio será atribuído ao autor da primeira.
Se não surgir antes, a solução será dada neste blogue na próxima terça-feira, dia 2 de Agosto, ao meio-dia. No entanto, pela evolução dos "Comentários", está quente... quente...
--
(*) O texto deste livro está disponível em formato PDF em www.jeremias.com.pt, mas o prémio é em formato "livro-mesmo"...

24 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Como previa, uma pesquisa na Internet não deu nada. Se não, toda a gente acertava!

Assim sendo, resta-me "apostar", excluindo o período em que não houve partidos.

Mas ainda vou pensar melhor.

C.E.

29 de julho de 2005 às 20:01  
Anonymous lily of the valley said...

hm... hm... como não tenho hipotese de acertar e ganhar o livro estou entretida a ler as cronicas em formato pdf... e
já vou na pag 86.... ehehehe

29 de julho de 2005 às 20:34  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Lily,

Tem hipóteses, sim senhora!

Como C.E. diz, excluam-se os anos em que não houve partidos.

Depois, veja se, de 1974 para cá, houve algum minisério o nome indicado o texto.
Depois, é só "apostar" numa data qualquer e ver o que dá.

O prémio é para quem se aproximar mais.

29 de julho de 2005 às 20:38  
Anonymous al said...

Em 30 de Agosto de 1852, é criado o Ministério das Obras Públicas, Commercio e Indústria
Sendo nomeado para ministro Fontes Pereira de Melo

Em 5 de Outubro de 1910 é proclamada a República e o Dr. Teófilo Braga nomeia o Dr. António Luís Gomes para o Ministério das Obras Públicas, Commercio e Indústria.

Em 8 de Outubro de 1910 altera o nome de Ministério das Obras Públicas Comércio e Indústria para Ministério do Fomento

Pelo "fraseado" que não pela escrita, pois na altura Farmácia escrevia-se com Ph,
Parece-me obra de Fontes Pereira de Melo enquanto PM, por alturas de 1871

29 de julho de 2005 às 22:32  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Lily,

Se gostar do livro, estão lá (em www.jeremias.com.pt)as continuações: «Operação JEREMIAS» e «Jeremias, CONSULTOR».

Tem também MUITA coisa semelhante em:
www.janelanaweb.com/humormedina

29 de julho de 2005 às 22:33  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Al,

Portanto, será "algures" entre 1871 e 1926. Até aqui, está certíssimo.

No entanto, como há muitos textos semelhantes a este (e afixarei outros), julgo que só por muita sorte alguém acertará no ano em causa (até porque o texto foi obtido na Biblioteca Nacional e NÃO está na Web).

Vai então um palpite?

29 de julho de 2005 às 22:38  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Al,
Corrigindo o que eu acabei de escrever:

De facto, o seu raciocínio conduz a um resultado mais certo e mais "apertado":

Entre 1871 e 1910 (e não 1926, como eu disse)

29 de julho de 2005 às 22:41  
Anonymous Jose Sarney said...

Não vou arriscar....mas, tal como aqueles textos que às vezes correm pela net, do Guerra Junqueiro, a história em Portugal está condenada a ter várias .....releases iguais!

É o Fado!

29 de julho de 2005 às 22:50  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Aqui fica mais uma "dica":

O texto foi publicado n' «O Commercio do Porto»

29 de julho de 2005 às 22:56  
Anonymous Al said...

Caro CMR,
Se foi o Fontes Pereira de Melo só pode ter sido em 1885.
Após a criação do Ministério em 1852 FPM lança o país num grande desenvolvimento (atenção que não assisti!!), a que se segue anos depois, qualquer coisa como ao que vimos assistindo agora (de 2000 a 2005) e entra novamente a Ministro em 4/2/1885
Al

30 de julho de 2005 às 02:04  
Anonymous lily of the valley said...

nisto de numeros sou uma azarada... não acertei nem um no euromilhoes....
fui consultar a lista de ministros entre 1852 e 1910 .... ena tantos... são mais que as mães... comecei por seguir o raciocinio do Al, e realmente seria lógico talvez apostar no segundo mandato do Fontes Pereira de Melo, (de 4 de Fevereiro a 19 de Novembro de 1885) ou até mesmo no antonio augusto de aguiar (de 3 de Dezembro de 1883 a 4 de Fevereiro de 1885), mas, para ser mais original voto no duque de saldanha que só lá esteve 6 dias entre de 20 a 26 de Maio... 1870 é a minha aposta....

30 de julho de 2005 às 10:08  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

A "dica" de que se trata de um artigo d'«O Commercio do Porto» deve ajudar, pois bastará saber quando foi fundado para apertar ainda mais as possibilidades (sendo 1910, como já vimos, o limite superior).

30 de julho de 2005 às 10:14  
Anonymous Matateu said...

O comercio do porto foi fundado em 2 de junho de 1854.

30 de julho de 2005 às 10:43  
Anonymous Matateu said...

Fonte Pereira de Mello era um homem claramente conhecido pelo seu exigente metodo de trabalho aliado as suas preocupações sociais, destaco a sua preocupação para com os salarios dos funcionarios terem de ser pagos ao ultimo dia do mes e diversas politicas foram criadas para assegurar o pagamento dos salarios até mesmo em anos futuros. É também um facto que deu prioridade á construção de estradas gastando sempre em demasia (no ano de 1885 gastou 413 contos de réis numa altura em que a receita total não era mais do que 10.000 contos de réis) ou seja parece-me que os meses em que Fontes Pereira de Mello assumio esta pasta estão escluidos.

30 de julho de 2005 às 11:01  
Anonymous Matateu said...

ou seja sera entre 1885 e 5 de outubro de 1910.

30 de julho de 2005 às 11:07  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Matateu,

Para já, em termos de "intervalo", a reposta está certa.

Vou agora esperar para ver se alguém se aproxima mais do ANO de publicação do artigo (ou indicando mesmo o ano, ou um intervalo mais apertado).

Mas reconheço que, a partir de agora, será só mais uma questão de sorte.

30 de julho de 2005 às 11:14  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Embora não adiante nem atrase, já se podem colocar aqui as duas partes omitidas "(...)".
O texto completo é:

--

OS SERVIÇOS DE OBRAS PÚBLICAS

Os serviços do ministério das obras públicas, comércio e indústria são verdadeiramente complexos: por isso, a gerência deles requer, além de muito saber, a mais cuidadosa circunspecção.
Os melhoramentos materiais que tão febrilmente empreendemos, de 1850 para cá, gastando anualmente, só em estradas, 1000 a 2000 contos, quantias excedidas nalguns anos, não podem ser hoje empreendidos com o mesmo entusiasmo de outros tempos, porque as circunstâncias do tesouro público impõe parcimónia no gastar e porque são tantos os melhoramentos exigidos pelo progresso social, que é necessário fazer uma selecção nesses melhoramentos.

À sombra dos serviços de obras públicas tem a política dos partidos saciado as suas ambições e realizado muitos dos seus abusos; por isso, poucos ramos de administração pública carecem de inspecção tão cuidadosa como este a que nos referimos.

30 de julho de 2005 às 13:47  
Anonymous Anónimo said...

Embora atrasado, voto no segundo ministério de Tomás Ribeiro, entre 13 de Outubro de 1890 e 21 de Maio de 1891.

CC

1 de agosto de 2005 às 08:20  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Amigos,

Resumindo as respostas até agora:

1-AL: 1885
2-Lily:1870 (***)
3-Matateu:1885-1910 (*)
4-CC:1890-91 (**)

------

(*)-A pergunta é "em que ano", para se poder atribuir o prémio a quem se aproximar mais. Ora, eu já adiantei que Matateu referiu o INTERVALO certo, mas precisava que "apostasse" num ano único.

(**)-Agradecia que CC fizesse o mesmo.

(***)- Lily pode ter em conta o que entretanto já foi dito: a resposta não é 1870 pois está entre 1885 e 1910

1 de agosto de 2005 às 09:13  
Anonymous Anónimo said...

Então sempre vai o 1890.

CC

1 de agosto de 2005 às 13:12  
Anonymous Anónimo said...

bem, se um segundo palpite também é válido (será que não sou desqualificada???) então vamos até 1903.... eheheh... bem, o livro é muito engraçado... entretanto já o li!!!
lily of the valley

1 de agosto de 2005 às 14:48  
Blogger heidy said...

Em 1852 os principais sectores de produção passam para um departamento novo, o Ministério das Obras Públicas, Comércio e Indústria. :)

2 de agosto de 2005 às 10:50  
Blogger heidy said...

Ministério das Obras Públicas, Comércio e Indústria

Criado por decretos de 30/8 e 30/9 de 1852, por Fontes Pereira de Melo, com o objectivo de fomentar o progresso material do país, impulsionando as actividades técnicas relacionadas com as obras públicas e o desenvolvimento da indústria, do comércio e da agricultura.

Este desenvolvimento impunha a criação de estruturas escolares que habilitassem pessoal para as novas tarefas, nomeadamente, de escolas de instrução profissional no campo das actividades industriais.

O ensino técnico foi instituído entre nós, no âmbito deste Ministério, por Decreto de 30 de Dezembro de 1852, de Fontes Pereira de Melo. "É tempo de cuidar do ensino que deve dotar a indústria de uma protecção real e esclarecida."

:)

2 de agosto de 2005 às 10:59  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

A RESPOSTA CERTA é 10 de Janeiro 1900.

As respostas aqui dadas, foram:

1-AL: 1885 (erro de 5 anos)
2-Lily:1903 (erro de 3 anos)
3-Matateu:1885-1910 ("acertou", mas não indicou o ano, como se pedia)
4-CC:1890 (erro de 10 anos)

--
Assim, o prémio vai para Lily.
No entanto, peço aos 4 que me enviem a sua morada e nome para medinaribeiro@iol.pt

2 de agosto de 2005 às 12:12  

Enviar um comentário

<< Home