27.7.05

Quando «Ela» aperta...

QUANDO eu era miúdo, fui uma vez passar uma semana a uma propriedade de pessoas conhecidas.

Ora, ao fim do dia, depois de muito correr, saltar e brincar, eu estava sempre cheio de fome e, para minha grande tristeza, a comida que me punham à frente não chegava para satisfazer nem metade do meu apetite.

Por isso, e embora não estivesse em casa de pessoas pobres, eu ia sempre para a cama com fome - depois de, invariavelmente, dar comigo a rapar o prato com pão (para já não falar no fundo do tacho), não me preocupando, na minha ingenuidade infantil, com o mau-aspecto que a cena podia dar.

Ora esta candidatura de Mário Soares (depois de o PS não ter tido mais nada para oferecer ao país do que Freitas e Alegre - e após a fífia que foi a candidatura de Guterres, dada sempre como garantidíssima por Sócrates) também tem um certo aspecto de "rapar o fundo do tacho"...

E o curioso é que os donos-da-casa também não parecem dar-se conta do triste aspecto da situação - mostrando-se, até, extremamente contentes com a figura que estão a fazer...

5 Comments:

Anonymous Anónimo said...

E já repararam que, em relação a M.Soares, só se fala de uma candidatura para 5 anos quando o horizonte habitual são 10?

E.R.R.

27 de julho de 2005 às 13:17  
Anonymous Anónimo said...

Pois, e esta ideia de que «a idade não conta, o importante é a idade do espírito», e outras balelas, faz-me lembrar a anedota do outro que dizia:

«Sexualmente, estou cada vez mais forte: dantes, para dobrar o meu sexo, precisava de fazer força com a mão. Hoje, bastam-me dois dedos para o conseguir!»

Duarte

27 de julho de 2005 às 13:20  
Anonymous Anónimo said...

Podem "mostrar-se" contentes, mas não acredito.
Para Sócrates, Cavaco devia ser muito melhor presidente, por estar muito mais próximo ideologicamente.
Soares só lhe pode dar chatices, pelo que aposto que Sócrates apoiorá publicamente M.S., mas rezando para que perca.

M. Lucília

27 de julho de 2005 às 14:16  
Anonymous Anónimo said...

Olha, e já tinhas sorte quando, ao rapar o fundo do tacho, vinha alguma coisa de jeito! Neste caso, o PS rapou o fundo da panela e encontrou o Soares. A alternativa se calhar era o Freitas.
Mas estou de acordo que é uma tristeza a esquerda não ter nada de novo para apresentar.
Pior ainda:
O Nuno Rogeiro falava hoje na hipótese do Ramalho Eanes!
Depois dos lóbis da Ota e do TGV, temos agora o lóbi dos lares da 3ª idade a actuar????????

J.F.M.

27 de julho de 2005 às 14:26  
Blogger heidy said...

Ramalho Eanes? nunca mais ouvi falar de semelhante personagem. A não ser na RTP memória.

27 de julho de 2005 às 20:03  

Publicar um comentário

<< Home