28.10.09

Para descontrair um pouco

ESTA RODA, segura com 3 porcas apenas, recordou-me uma velha anedota. Alguém a quer relembrar aqui, pois decerto haverá quem a não conheça?

5 Comments:

Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Ora esta!

E eu que julgava que toda a gente conhecia a história!

Um cavalheiro ia calmamente no seu carro quando, a certa altura, tem a desagradável surpresa de ver que uma roda se soltava devido à queda das 4 porcas.

Sai do automóvel, procura-as por todo o lado, mas não as encontra.

E estava ele, com a roda na mão e sem saber o que fazer, quando um indivíduo, que assistira à cena por detrás das grades do (...)

--
(Continua. Alguém quer contar o resto da anedota?)

28 de outubro de 2009 às 20:44  
Blogger José Batista said...

Centro de saúde mental e lhe diz: tire um parafudo de cada uma das outras rodas e use-os para apertar essa.
Surpreso o homem pergunta ao conselheiro: como é que resolveu tão facilmente o problema? Ao que ele respondeu:
- É que eu sou maluco, mas não sou estúpido.

28 de outubro de 2009 às 20:52  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Certo!

Em Lisboa, a anedota era contada como passando-se na Av. do Brasil, junto ao Júlio de Matos.
No Porto, era junto ao Conde Ferreira.

28 de outubro de 2009 às 21:20  
Blogger R. da Cunha said...

Bolas! E eu a dar tratos à memória sobre que anedota estaria o CMR a falar, quando o certo é que é um "problema" e não uma anedota. Não vale induzir em erro!

28 de outubro de 2009 às 22:29  
Blogger Carlos Medina Ribeiro said...

Quando eu era miúdo, era contada como "anedota de malucos", e era das mais conhecidas...

29 de outubro de 2009 às 09:08  

Publicar um comentário

<< Home