27.10.09

O uísque nasceu nas pirâmides?

Por Ferreira Fernandes

WALTER SCOTT (1771-1832) foi o pai do romance histórico. Se vai aí a palavra "histórico", com todo o respeito pelos factos, vai também "romance", coisa de invenções que podem fervilhar se acontecem na cabeça de um romântico. Escocês até no nome, Scott voltou a repor como moda o kilt, as saias dos escoceses que perduram até hoje. Pensou-se que teria menos sucesso com a lenda que contou em História da Escócia, onde inventou com belos pormenores o encontro medieval de oito condes e 31 barões escoceses que, em manifesto, disseram que a nação escocesa descendia de Scota, filha de faraó.

Todos os povos gostam de pescar longe as suas origens. A Inglaterra pretendia ser filha dilecta da Grécia Antiga e, vai daí, a Escócia de Walter Scott atirou-lhe com o Egipto ainda mais antigo. A lenda ficou entre as brumas, onde se dá bem, até domingo passado.

O egípcio Mohamed Al-Fayed - o dono do londrino Harrod's e pai de Dodi, o companheiro trágico de Lady Di - deu uma entrevista ao Sunday Times. Al-Fayed candidatou-se a presidente duma Escócia independente, com o pretexto a tal teoria da geminação histórica egípcia-escocesa.

Se aparecer uma garrafa de uísque em forma de pirâmide a vender-se nos saldos do Harrod's, a campanha está em marcha.

«DN» de 27 de Outubro de 2009

Etiquetas: ,

2 Comments:

Blogger R. da Cunha said...

E venha o Ivanhoe, parte II

27 de outubro de 2009 às 19:43  
Blogger FAIRES said...

Caro Ferreira Fernandes,
Não faço a minima, mas tudo é possível...
Também já Vinho do Porto "engarrafado" em garrafões de 5 litros à venda em Espanha, isto há alguns anos .
Por isso.
Bom post.
Uma abraço,

27 de outubro de 2009 às 20:10  

Publicar um comentário

<< Home