13.12.09

Palhaços

Por João Paulo Guerra

O Sindicato dos Palhaços reuniu em Fevereiro passado o seu Parlamento Mundial, em Dresden, na Alemanha, e não consta que ao longo dos trabalhos os participantes se tenham insultado uns aos outros chamando-se deputados disto ou deputados daquilo.

E CONSTITUIRIA o termo deputado um insulto? De modo algum. O termo deputado é tão pouco ou nada insultuoso como os termos contramestre, engenheiro, guia-intérprete, terapeuta ocupacional, higienista oral ou palhaço. Mas claro que ninguém ignora que o termo palhaço é frequentemente usado com intenção pejorativa. (...)

E aqui entra mais uma diferença, para pior, da sociedade política portuguesa para a comunidade mundial dos palhaços, ricos ou pobres não vem para o caso. (...)

Mas que não esqueçam a questão verdadeiramente essencial que é o direito dos palhaços propriamente ditos à indignação perante certas comparações.

Texto integral [aqui]

Etiquetas: ,

2 Comments:

Blogger Manuel Brás said...

A arte da palhaçada
miseravelmente tratada
por quem vive da paliçada
de verborreia disparatada.

É de ficar indignado
com tal desconsideração,
este regime inquinado
não merece admiração.

O espectáculo degradante
nos salões da democracia
é mais um caso transbordante
da mais abjecta “merdocracia”.

Nesta caldeirada estufada
com velhacaria à mistura
a democracia fica ceifada
por este tipo de postura.

Com o circo montado
na casa da democracia,
o regabofe disparatado
é composto de iliteracia.

Académicos engravatados
e outros ilustres sabichões
com discursos arrebatados
de fazer inveja aos bichões.

Epílogo

Este regime estuchado
que trucida os mexilhões
terá um desfecho lixado
após tantos trambolhões!

13 de dezembro de 2009 às 11:07  
Blogger Ribas said...

Dantes, o Poeta era um fingidor, um sonhador. Agora, nem os poetas, nem os poemas, escapam à triste realidade deste paul.
Não é crítica aos poemas, atenção!
É aliás o reconhecimento, ao Sr. Manuel Brás, de um bonito talento, que infelizmente caiu nas águas turvas que somos nós.

14 de dezembro de 2009 às 16:34  

Publicar um comentário

<< Home