17.6.11

A malta do «É igual ao litro»

É COSTUME dizer-se que "tanto trabalho dá fazer mal como fazer bem" - mas nem sempre isso é verdade. Muitas vezes, é mais fácil fazer mal.
No entanto, no caso da reparação deste pavimento (de uma paragem da Carris), e salvo melhor opinião, deve ter dado muito mais trabalho fazer mal do que fazer bem!

Quanto às perguntas recorrentes «Que formação tem esta gente?» e «O cliente aceita e paga trabalhos feitos assim?», já nem vale a pena colocá-las, pois já se percebeu que os fiscais são da mesma massa dos fiscalizados. Podem todos limpar as mãos à parede - ou, neste caso, ao pavimento.

2 Comments:

Blogger R. da Cunha said...

O que vale é que agora vamos ter Nuno Crato na Educação e Ensino Superior, o que é, para mim, uma boa surpresas.
Fico satisfeito e desejo-lhe boa governação.

17 de junho de 2011 às 19:26  
Blogger Bartolomeu said...

Bom, no caso que a foto ilustra, não se trata de "fazer mal", convenhamos. Aquilo ali, é fazer péssimo, se é que se pode classificar aquilo de "fazer".

17 de junho de 2011 às 20:03  

Publicar um comentário

<< Home