18.9.08

Carlos Queirós

Por Joaquim Letria
ESTOU MUITO FELIZ com o Carlos Queirós a comandar a selecção. Antes de mais, sabe quem joga, onde joga, como está a jogar e o jeito que dá à equipa de todos nós. Não é como aquele brasileiro que passou por cá que emprenhava de ouvido, tinha gente a espiar jogadores e ganhava porque estava condenado a isso, apesar de nunca ter estado perto do que fez o Otto Glória, nem o Fernando Cabrita, nem o Humberto Coelho. Bom, e também não fez nada parecido do que Queiroz fez com os nossos miúdos!
Depois, Queiroz tem outra virtude: não vem com a história do “mata”,”mata”, nem com o tudo ou nada, bandeirinha na barguilha!
Queiroz reduz o futebol à sua verdadeira proporção. E põe os rapazes a jogarem melhor. Não é “Lá para dentro e ai de vocês se não comem relva”!
Com os anos de Portugal e os rublos no sapatinho para ir passar o natal ao Brasil saiu-lhe a sorte grande. Vão ver se não acaba por vir viver para cá!
«24 Horas» de 18 de Setembro de 2008

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger R. da Cunha said...

E não acha o JL que ele deve vir para cá gastar os rublos que vai ganhar?

18 de setembro de 2008 às 18:43  

Publicar um comentário

<< Home