29.5.10

"Dezenas" também estaria certo...

«DE-online»
NÃO passa pela cabeça de ninguém indicar a distância entre duas cidades em milímetros, nem a capacidade de um cálice em metros cúbicos - e isso porque, evidentemente, a escolha das unidades é feita em função da ordem de grandeza das quantidades em causa. É por isso que, concorde-se ou não com os objectivos da manifestação de hoje (e dando de barato que o número 300 mil também não é credível), este título é, no mínimo, bizarro...

5 Comments:

Blogger AMCD said...

Bizarro não. É um título manhoso.

29 de maio de 2010 às 20:17  
Blogger Bartolomeu said...

muito provávelmente... manhoso, disse bem AMCD.
é que, centenas, tanto podem ser duzentos como seis virgula oito bilhões de pessoas, como se crê que era o número de habitantes da Terra em Abril deste ano!

29 de maio de 2010 às 20:50  
Blogger José Batista said...

Esse é também o título principal do portal "sapo". A gente olha e tem dificuldade em acreditar. Sim, porque os nossos olhos viram...
Não há dúvida que vigaristas são os que sabemos vigaristas mais uma grande parte dos que não causam essa impressão.

29 de maio de 2010 às 22:09  
Blogger neomiro said...

quando chegar a altura das greves gerais, e não tenhamos ilusões, que chegarão, veremos como serão os títulos nessa altura.

29 de maio de 2010 às 23:24  
Blogger Fernando Évora said...

Neomiro: nessa altura os números serão apenas uma percentagem, logo menos de cem, com uns sessenta de diferença entre os números do governo e das centrais sindicais.
Não será preciso esperar pelas greves gerais: os telejornais têm-nos bombardeado com números complicados de coisas que não percebemos. Os números que percebemos - os do dinheiro a fugir-nos - são sempre culpa nossa, e da nossa pouca produtividade. Nós é que andamos a tramar os números ao poder, não ele a nós...

30 de maio de 2010 às 01:37  

Enviar um comentário

<< Home