27.5.10

Muleta

Por João Paulo Guerra

O DR. PASSOS Coelho, presidente do PSD, sofre tanto com as dores do partido do Governo que já deve ter-se esquecido que é líder do maior partido da oposição.
(...)
E assim vai a democracia e a perspectiva de alternância em Portugal: o PSD, maior partido da oposição, é a muleta do partido do Governo e o próprio Passos Coelho é a canadiana de José Sócrates. As regras do jogo democrático estão assim viciadas: os adversários, em lugar de jogarem, dançam o tango e o próprio árbitro promove o jogo passivo e o empate a zeros. Por muito menos, do que fez e do que não fez o dr. Passos Coelho em tão curto espaço de tempo, já caíram outros líderes do PSD. (...)

Texto integral [aqui]

Etiquetas: ,

3 Comments:

Blogger GMaciel said...

A conclusão do seu texto, fabulosa estocada, diga-se, é, de facto, o grande busílis da questão.

Aceita apostas?

:)

27 de maio de 2010 às 17:01  
Blogger Ribas said...

Não creio que Passos Coelho seja muleta deste (des)governo.
As razões que o levaram a apoiar as medidas de austeridade são perfeitamente claras e compreensíveis.
O que não é compreensível é que o governo afirme uma coisa hoje e que, uma semana depois se tenha de contradizer em relação ao aumento do IVA.
Será possível que lá por fora se conheça melhor a situação económica do país, do quem o governa?

28 de maio de 2010 às 00:34  
Blogger Sepúlveda said...

É engraçado que Passos Coelho tenha feito o mesmo que Sócrates. Quem se lembra da frase "não contem com o PSD para aumentos de impostos"? E não foi o Pinto de Sousa.
Os dois partidos da alternância não podem continuar a contar com o apoio da maioria. Mas também é por isso que querem menos deputados na AR. Para porem os outros partidos ainda mais coxos.
Tenho sido sempre laranja mas estou a ficar daltónico. As cores já não são ideológicas, são modus operandi.

28 de maio de 2010 às 11:45  

Publicar um comentário

<< Home